Divulgação/Amazon Prime Video

“The Boys” ganha prêmio de ONG de defesa dos animais por cena impactante

A ONG americana PETA, dedicada à defesa dos animais, reconheceu a série “The Boys” com o troféu Tech, no Terror (Tecnologia e não Terror) pelo uso de efeitos especiais, e não animais de verdade, “na criação de uma cena realista e impactante” da 3ª temporada, e por “passar a mensagem que comer animais é grotesco e cruel”.

A cena em questão foi o momento em que Profundo (Chace Crawford) é coagido a comer seu amigo polvo para agradar ao Capitão Pátria (Anthony Starr) e assim voltar para o grupo de heróis Seven. O roteiro também explorou os sentimentos de terror do polvo ao ser engolido.

Em comunicado oficial, a vice-presidente sênior da organização Lisa Lange disse: “Os heróis de verdade de ‘The Boys’ trabalham nos bastidores, criando um polvo em computação gráfica realista para que os animais possam viver em paz. O PETA está celebrando a série por ajudar seus espectadores a ver cada polvo como um indivíduo como Timothy, e não um almoço ou entretenimento”.

A equipe da série respondeu ao PETA ao melhor estilo “The Boys”.

“PETA, estamos honrados, e o único Terror que toleramos é aquele que lambe suas bolas no sofá do Bruto todas as noites”, escreveu o perfil oficial da atração no Twitter – referindo-se, é claro, ao cachorro de Billy Bruto (ou Billy Butcher em inglês), chamado Terror.

A 3ª temporada de “The Boys” está atualmente em exibição na Amazon Prime Video, que disponibiliza novos capítulos semanalmente às sextas-feiras.