Divulgação/Disney

Vaza primeira foto de Rachel Zegler como Branca de Neve

Vazou a primeira foto da atriz Rachel Zegler caracterizada como a nova Branca de Neve da Disney. Um clique da estrela de “Amor, Sublime Amor”, saindo com vestido e cabelo preso com presilhas para as filmagens, começou a circular nesta sexta (20/5) nas redes sociais, revelando que seu visual no filme é inspirado no primeiro longa animado da Disney, lançado em 1937.

Desde o começo, a Disney anunciou a produção como uma versão live-action do desenho animado e não uma adaptação da fábula encantada dos Irmãos Grimm. Isto, inclusive, alimentou uma polêmica com o ator Peter Dinklage (o Tyrion de “Game of Thrones”), que se declarou contra a abordagem “retrógrada” por perpetuar os estereótipos sobre os anões.

O estúdio respondeu rapidamente, informando que, “para evitar reforçar os estereótipos do filme de animação original, estamos adotando uma abordagem diferente com esses sete personagens e consultando membros da comunidade do nanismo”. O texto do comunicado ainda informou que a Disney deveria “compartilhar mais, à medida que o filme entrar em produção.”

A foto de Zegler revela que o filme entrou em produção, mas nenhuma novidade foi compartilhada pelo estúdio sobre os sete anões.

A versão live-action de “Branca de Neve e os Sete Anões” terá direção de Marc Webb (“O Espetacular Homem-Aranha”) e contará com um elenco racialmente diversificado, com a latina Rachel Zegler (de “Amor Sublime Amor”) no papel principal e Gal Gadot (“Mulher-Maravilha”) como a Rainha Má.

Primeira Branca de Neve latina – ao menos, numa produção de Hollywood – , Zegler chegou a comentar, num artigo da revista Variety, que “as pessoas ficaram com raiva” de sua escalação. Mas também refletiu sobre a importância da representatividade latina. “Nunca em um milhão de anos eu poderia imaginar que isso seria uma possibilidade para mim. Você não costuma ver uma Branca de Neve com origem latina. Mesmo que a Branca de Neve seja conhecida em países que falam espanhol”, observou.

Como descendente de colombiana, Zegler diz ter mais motivos para comemorar do que lamentar os comentários negativos.

“Ela é um ícone enorme, seja pelo desenho da Disney ou pelas várias adaptações do conto dos Irmãos Grimm. Mas você não costuma ver pessoas parecidas comigo com esse papel. Mas no fim das contas, o trabalho será meu e estou muito empolgada. Serei uma princesa latina”, concluiu.