Divulgação/NBC

“La Brea” dá audiência recorde para Tela Quente

A Globo está comemorando o sucesso da exibição de “La Brea” na Tela Quente de segunda-feira (16/5). Graças aos dois episódios iniciais da série, uma das faixas mais problemáticas da programação da emissora teve audiência recorde.

“La Brea” rendeu 20,6 pontos de média no ibope da Grande São Paulo, maior audiência da Tela Quente em 2022. Na verdade, maior audiência do horário em mais de um ano.

A última vez que a Tela Quente superou os 20 pontos foi em 22 de fevereiro do ano passado, com o longa “Como Eu Era Antes de Você” (2016). Desde então, a sessão noturna dos filmes da Globo se acostumou a marcar menos de 10 pontos. Nem mesmo a primeira exibição de “Aquaman” (2018) na TV aberta (em 2/5) conseguiu elevar os índices à altura anterior, ficando em 18,9 pontos.

A Globo repetiu com “La Brea”, que ganhou o subtítulo nacional de “A Terra Perdida”, a mesma estratégia usada com “Manifest”, que eletrizou o público da Tela Quente antes de começar a ser exibida na Globoplay. A tática ajudou “Manifest” a bater o recorde de público da plataforma, com números não divulgados.

Depois da exibição da estreia na TV aberta, a 1ª temporada de “La Brea” chegou completa nesta terça (17/5) na Globoplay.

Ao estilo de “Manifest”, a nova série de mistério sci-fi também foi um sucesso nos EUA, onde se tornou uma das maiores estreias da temporada na TV aberta, além de bater o recorde de audiência da plataforma Peacock.

A atração é a primeira série criada por David Appelbaum (produtor-roteirista de “O Mentalista” e “NCIS: New Orleans”), mas apesar da repercussão positiva, que lhe rendeu uma rápida renovação para 2ª temporada, sua mistura de trama de catástrofe com aventura clássica de Júlio Verne/Edgar Rice Burroughs não apeteceu a crítica, ficando com apenas 38% de aprovação no Rotten Tomatoes.

Para quem não viu a estreia, “La Brea” começa com a abertura de um buraco gigante em Los Angeles, que engole várias pessoas. Mas em vez de morrerem, as vítimas da tragédia vão parar no centro da Terra com criaturas pré-históricas, ou pelo menos é o que imaginam, antes de perceberem pistas sobre o verdadeiro segredo daquele lugar. Sem spoilers.

Ao mesmo tempo, na superfície, um pai e uma filha lutam para reencontrar o resto de sua família, tragada para o interior do buraco, e descobrem que não foi a primeira vez que esse fenômeno aconteceu.

A produção reúne em seu elenco Natalie Zea (“Justified”), Eoin Macken (“Plantão Noturno”), Nicholas Gonzalez (“The Good Doctor”), Jon Seda (“Chicago P.D.”), Karina Logue (“NCIS: Los Angeles”), Catherine Dent (“Agents of SHIELD”), Angel Parker (“Fugitivos da Marvel/Runaways”), Jag Bal (“The Romeo Section”), Ione Skye (“Camping”), Chiké Okonkwo (“O Nascimento de Uma Nação”), Chloe de los Santos (“Tidelands”), Josh McKenzie (“Entre Segredos e Mentiras”) e os adolescentes Jack Martin, Zyra Gorecki e Veronica St. Clair em seus primeiros papéis.

Veja o trailer nacional da série abaixo.