Divulgação/Espaço das Américas

Ludmilla e Anitta fazem as pazes: “Viva o funk, p****!”

A música que originou o desentendimento entre Anitta e Ludmilla também está sendo responsável por encerrar a briga.

Anitta escolheu “Onda Diferente”, sua parceria com Ludmilla e o rapper Snoop Dogg, para abrir seu show histórico de sexta (15/4) no festival de Coachella, nos Estados Unidos, sem cortar a voz da “rival”. E Ludmilla elogiou o impacto da música no palco americano.

“Muito f*** ver nossa música ganhando o mundão. Viva o funk, p****!”, escreveu Ludmilla, junto com um emoji de foguete, no Twitter.

O comentário foi muito elogiado pelos fãs das duas artistas, entre eles a cantora Inês Brasil: “Glória a Deus. Manos, é o milagre da Páscoa. Tem que fazer as pazes mesmo. Anitta e Ludmilla, lindas, belas mulheres. Amo vocês, manas!”.

A briga entre as duas aconteceu na época do lançamento de “Onda Diferente”, em 2019. A música foi feita por Ludmilla, mas acabou registrada como se Anitta também fosse uma das autoras.

Quando Ludmilla anunciou que a composição era sua, os fãs de Anitta começaram a atacá-la, inclusive com ofensas racistas. Foi o fim da parceria e da amizade.

O desentendimento chegou, inclusive, a repercutir no “BBB 22”. No começo do programa, Brunna Gonçalves, mulher de Ludmilla, fechava a cara ao ouvir elogios para Anitta, mas depois de um tempo até dançou música da cantora.