Divulgação/Miramax

Netflix oficializa novo filme da franquia “Pequenos Espiões”

A Netflix oficializou nesta quarta-feira (30) que a franquia “Pequenos Espiões” ganhará um novo filme comandado por Robert Rodriguez, diretor dos longas originais. Além de dirigir, o cineasta vai escrever e produzir o longa, que apresentará uma nova família ao mundo de espionagem introduzido nos cinemas em 2001.

Na verdade, o projeto já tem mais de um ano.

Logo depois do sucesso de “Pequenos Grandes Heróis” na plataforma, em que Rodriguez resgatou os personagens do filme “As Aventuras de Sharkboy e Lavagirl em 3-D” (2005), ele fechou uma parceria com a Skydance Media e a Spyglass Media Group (que comprou o espólio da Miramax) para reviver “Pequenos Espiões” (Spy Kids).

O diretor lançou o filme original em 2001, seguido por “Pequenos Espiões 2: A Ilha dos Sonhos Perdidos” no ano seguinte e “Pequenos Espiões 3: Game Over” em 2003. Ele ainda retomou a saga com “Pequenos Espiões 4” em 2011, mostrando as crianças originais já crescidas.

Ele vai escrever e dirigir o próximo filme, que pode ser uma continuação direta, “Pequenos Espiões 5”, ou um reboot completo. Não está descartada uma versão com os filhos das crianças de 2001.

No filme original, dois filhos de um casal de espiões precisam salvar os país de seus inimigos. O elenco incluía Antonio Banderas e Carla Gugino como os pais, além de Alexa PenaVega e Daryl Sabara como as crianças. Os quatro atores apareceram ao longo de toda a franquia.

Os quatro filmes foram produções baratas e arrecadaram mais de US$ 550 milhões de bilheteria mundial.