Instagram/Marcello Quintanilha

Graphic novel brasileira vence Festival de Angoulême

O Festival de Angoulême, principal evento de quadrinhos da Europa, considerado o “Cannes dos gibis”, consagrou o brasileiro Marcello Quintanilha com o troféu Gato de Ouro de Melhor Álbum (graphic novel) pela obra “Escuta, Formosa Márcia”. Trata-se do maior prêmio do evento.

Publicado pela editora independente Veneta, “Escuta, Formosa Márcia” retrata a vida de uma enfermeira em uma favela no Rio de Janeiro e, consequentemente, ilustra a violência no Brasil. Veja a capa abaixo.

Esta não é a primeira vez que Quintanilha é reconhecido pelo festival francês. Em 2016, ele foi premiado na categoria Melhor História Policial por “Tungstênio”, trama passada em Salvador que retrata o cotidiano brasileiro a partir de uma trama que envolve policiais e traficantes. “Tungstênio”, inclusive, virou filme em 2018, com direção de Heitor Dhalia (“Serra Pelada”).