Instagram/Critics Choice

“Ataque dos Cães” vence Critics Choice

O filme “Ataque dos Cães” venceu o Critics Choice Awards na noite de domingo (13/3) em Los Angeles, completando um fim de semana perfeito, após conquistar o BAFTA, prêmio da Academia Britânica. Além disso, a diretora Jane Campion venceu o troféu do Sindicato dos Diretores, o BAFTA e agora levou o Critics Choice de Melhor Direção, além de Melhor Roteiro Adaptado.

Com essa avalanche, “Ataque dos Cães” e sua cineasta viraram grandes favoritos para faturar também o Oscar, que será entregue em 27 de março.

“Estamos muito orgulhosos e muito agradecidos ao Critics Choice Awards por nos escolher. Ainda tenho um pouco de transtorno de estresse pós-traumático pelas críticas do início de minha carreira”, brincou Campion, ao receber os prêmios.

“Agora sou como a avó no movimento das mulheres no cinema. Mas ainda estou aqui”, acrescentou a diretora neozelandesa.

Dirigindo-se a Venus e Serena Williams que estavam no evento, Jane Campion completou: “Serena e Venus, vocês são maravilhosas, porém vocês não jogam contra os caras como eu tenho que jogar”. Mais tarde, ela pediu desculpas para as duas pela declaração “impensada”: “Eu celebro vocês”.

Por falar nas irmãs Williams, Will Smith levou o prêmio de Melhor Ator por “King Richard: Criando Campeãs”, filme sobre as jovens tenistas, enquanto Jessica Chastain ficou com o prêmio de Melhor Atriz por “Os Olhos de Tammy Faye”.

Nas categorias coadjuvantes, os vencedores também repetiram o BAFTA: Troy Kotsur por “No Ritmo do Coração” e Ariana DeBose por “Amor, Sublime Amor”.

Para completar, entre as séries “Succession” venceu como Melhor Drama, “Ted Lasso” na categoria de Comédia, “Round 6” foi a Melhor Série Internacional, “Mare of Easttown” foi eleita a Melhor Minissérie e “What If…?” a Melhor Animação.

Melhor Filme
“Ataque dos Cães”

Melhor Ator
Will Smith – “King Richard”

Melhor Atriz
Jessica Chastain – “Os Olhos de Tammy Faye”

Melhor Ator Coadjuvante
Troy Kotsur – “No Ritmo do Coração”

Melhor Atriz Coadjuvante
Ariana DeBose – “Amor, Sublime Amor”

Melhor Ator/Atriz Jovem
Jude Hill – “Belfast”

Melhor Elenco
“Belfast”

Melhor Direção
Jane Campion – “Ataque dos Cães”

Melhor Roteiro Original
Kenneth Branagh – “Belfast”

Melhor Roteiro Adaptado
Jane Campion – “Ataque dos Cães”

Melhor Fotografia
Ari Wegner – “Ataque dos Cães”

Melhor Design de Produção
Patrice Vermette, Zsuzsanna Sipos – “Duna”

Melhor Edição
Sarah Broshar and Michael Kahn – “Amor, Sublime Amor”

Melhor Figurino
Jenny Beavan – “Cruella”

Melhor Cabelo e Maquiagem
“Os Olhos de Tammy Faye”

Melhores Efeitos Especiais
“Duna”

Melhor Comédia
“Licorice Pizza”

Melhor Animação
“A Família Mitchell e a Revolta das Máquinas”

Melhor Filme em Língua Estrangeira
“Drive My Car” (Japão)

Melhor Canção
No Time to Die – “007 – Sem Tempo para Morrer”

Melhor Trilha Sonora
Hans Zimmer – “Duna”

Melhor Série – Drama
“Succession” (HBO)

Melhor Ator em Série – Drama
Lee Jung-jae – “Round 6”

Melhor Atriz em Série – Drama
Melanie Lynskey – “Yellowjackets”

Melhor Ator Coadjuvante em Série – Drama
Kieran Culkin – “Succession”

Melhor Atriz Coadjuvante em Série – Drama
Sarah Snook – “Succession”

Melhor Série – Comédia
“Ted Lasso” (Apple TV+)

Melhor Ator em Série – Comédia
Jason Sudeikis – “Ted Lasso”

Melhor atriz em Série – Comédia
Jean Smart – “Hacks”

Melhor Ator Coadjuvante em Série – Comédia
Brett Goldstein – “Ted Lasso”

Melhor Atriz Coadjuvante em Série – Comédia
Hannah Waddingham – “Ted Lasso”

Melhor Minissérie
“Mare of Easttown” (HBO)

Melhor Telefilme
“Oslo” (HBO)

Melhor Ator em Minissérie ou Telefilme
Michael Keaton – “Dopesick”

Melhor Atriz em Minissérie ou Telefilme
Kate Winslet – “Mare of Easttown”

Melhor Ator Coadjuvante em Minissérie ou Telefilme
Murray Bartlett – “The White Lotus”

Melhor Atriz Coadjuvante em Minissérie ou Telefilme
Jennifer Coolidge – “The White Lotus”

Melhor Série em Língua Estrangeira
“Round 6” (Netflix)

Melhor Série Animada
“What If…?” (Disney+)

Melhor Talk Show
“Late Night With Seth Meyers” (NBC)

Melhor Especial de Comédia
“Bo Burnham: Inside” (Netflix)