Divulgação/Netflix

Bafta Awards: “Ataque dos Cães” vence o Oscar britânico

A Academia Britânica de Artes Cinematográficas e Televisivas (BAFTA, na sigla em inglês) premiou “Ataque dos Cães”, de Jane Campion, como Melhor Filme do ano. A cerimônia dos BAFTA Awards, realizada em Londres na tarde deste domingo (13/3), ainda reconheceu o talento da cineasta neozelandesa com o troféu de Melhor Direção.

Astro do filme, Benedict Cumberbatch recebeu os prêmios por Campion, que está em Los Angeles, onde há poucas horas conquistou o troféu do Sindicato dos Diretores dos EUA (DGA Awards).

Indicado na categoria de Melhor Ator, Cumberbatch acabou sem seu troféu. A disputa foi vencida por Will Smith, com seu desempenho como pai e treinador das tenistas Vênus e Serena Williams em “King Richard”.

O prêmio de Melhor Atriz ficou com a veterana estrela galesa Joanna Scanlan por “After Love”, produção de 2020 que só teve distribuição na Europa.

Já entre os coadjuvantes, venceram os favoritos: Ariana DeBose, por “Amor, Sublime Amor”, e Siân Heder, por “No Ritmo do Coração”.

Outro trabalho favorito da premiação, “Belfast”, de Kenneth Branagh, foi eleito o Melhor Filme Britânico. E “Duna” varreu as categorias técnicas, tornando-se o filme mais premiado da noite com cinco vitórias – Melhor Fotografia, Efeitos Visuais, Desenho de Produção, Trilha Sonora e Som.

Confira abaixo a lista completa dos premiados.

Melhor Filme
“Ataque dos Cães”

Melhor Filme Britânico
“Belfast”

Melhor Filme de Língua Não Inglesa
“Drive My Car” (Japão)

Melhor Direção
Jane Campion, por “Ataque dos Cães”

Melhor Roteiro Original
Paul Thomas Anderson, por “Licorice Pizza”

Melhor Roteiro Adaptado
Siân Heder, por “No Ritmo do Coração”

Melhor Atriz
Joanna Scanlan, por “After Love”

Melhor Ator
Will Smith, por “King Richard: Criando Campeãs”

Melhor Atriz Coadjuvante
Ariana DeBose, por “Amor, Sublime Amor”

Melhor Ator Coadjuvante
Troy Kotsur, por “No Ritmo do Coração”

Melhor Documentário
“Summer of Soul (… ou, Quando a Revolução Não Pode Ser Televisionada)”

Melhor Animação
“Encanto”

Melhor Trilha Sonora
Hans Zimmer, por “Duna”

Melhor Fotografia
Greig Fraser, por “Duna”

Melhor Edição
Tom Cross e Elliot Graham, por “007 – Sem Tempo Para Morrer”

Melhor Design de Produção
Patrice Vermette e Zsuzsanna Sipos, por “Duna”

Melhor Figurino
Jenny Beavan, por “Cruella”

Melhor Cabelo e Maquiagem
Linda Dowds, Stephanie Ingram e Justin Raleigh, por “Os Olhos de Tammy Faye”

Melhor Som
Mac Ruth, Mark Mangini, Doug Hemphill, Theo Green e Ron Bartlett, por “Duna”

Melhores Efeitos Especiais
Brian Connor, Paul Lambert, Tristan Myles e Gerd Nefzer, por “Duna”

Melhor Diretora de Casting
Cindy Tolan, por “Amor, Sublime Amor”

Melhor Estreia de Roteirista, Diretor ou Produtor Britânico
Jeymes Samuel, diretor/roteirista de “Vingança & Castigo”

Melhor Estrela em Ascensão (Voto do Público)
Lashana Lynch, por “007 – Sem Tempo Para Morrer”

Melhor Curta Britânico
“The Black Cop”

Melhor Curta Britânico em Animação
“Do Not Feed the Pigeons”