Divulgação/Disney

“Morte no Nilo” estreia em 1º lugar nos EUA

A estreia de “Morte no Nilo” liderou as bilheterias do fim de semana na América do Norte com a arrecadação de US$ 12,8 milhões.

A adaptação de Agatha Christie, lançada como continuação de “Assassinato no Expresso do Oriente”, teve melhor desempenho no exterior, onde abriu com US$ 20,7 milhões. Mas o total de US$ 33,5 milhões é pouco razoável para um filme orçado em US$ 90 milhões.

O fraco desempenho reforça a percepção de que o público que ignora a pandemia para ir ao cinema são jovens do sexo masculino. O perfil demográfico de “Morte no Nilo” nos EUA foi encabeçado por mulheres mais velhas.

O mesmo público deu à estreia de “Case Comigo” um lugar no Top 3 com US$ 8 milhões. A comédia de Jennifer Lopez, porém, foi lançada simultaneamente nos cinemas e na plataforma de streaming Peacock nos EUA. Com isso, a Universal seguiu o modelo muito criticado da Warner em relação à HBO Max.

O resultado foi quase o mesmo no exterior, onde “Case Comigo” foi distribuído apenas nos cinemas. Somando tudo, faturou US$ 16,5 milhões em todo o mundo.

“Jackass para Sempre” teve praticamente a mesma arrecadação da comédia romântica, caindo 65% em relação a sua semana de estreia. O longa soma US$ 37,6 milhões em 10 dias de exibição no mercado norte-americano.

Em 4º lugar, “Homem-Aranha: Sem Volta para Casa” arrecadou mais US$ 7,2 milhões para atingir a impressionante soma de US$ 759 milhões nos EUA e Canadá e encostar na bilheteria de “Avatar” (US$ 760 milhões). Com isso, está prestes a se tornar o terceiro filme de maior arrecadação da América do Norte em todos os tempos. À sua frente, ainda estão “Vingadores: Ultimato” (US$ 858 milhões) e “Star Wars: O Despertar da Força” (US$ 936 milhões).

A coprodução da Sony e da Disney/Marvel também arredondou seu faturamento mundial, atingindo US$ 1,8 bilhão na soma de todos os mercados – a 6ª maior bilheteria da História.

O Top 5 norte-americano é concluído com o novo filme de ação de Liam Neeson, “Agente das Sombras” (Blacklight), que rendeu apenas US$ 3,6 milhões em seu lançamento. A produção chega ao Brasil em 10 de março.

Já no exterior, ainda teve a estreia de “Uncharted”, distribuído pela Sony em seus primeiros 15 mercados. O filme, que desembarca nos EUA e no Brasil na próxima semana, arrecadou promissores US$ 21,5 milhões, tornando-se a maior bilheteria internacional de Hollywood no fim de semana. Focado num público mais jovem e masculino, deve virar um novo blockbuster mundial e bater o recorde de arrecadação entre todas as adaptações de videogame.