Divulgação/HBO Max

HBO Max anuncia gravações de novas séries brasileiras

A HBO Max começou a gravar as séries nacionais “No Mundo da Luna” e “O Beijo Adolescente”. Adaptações do romance de Carina Rissi e dos quadrinhos de Rafael Coutinho, respectivamente, as produções são parte de uma iniciativa da plataforma de streaming para produzir mais conteúdo original nacional.

“No Mundo da Luna” é uma sitcom jornalística com 10 episódios de 30 minutos, que traz Marina Moschen (“Deus Salve o Rei”) em seu primeiro papel como protagonista. Ela interpreta a Luna do título, uma jornalista recém-formado que vem de uma família cigana. Para entrar na profissão, ela acaba aceitando fazer a sessão de horóscopo de um portal de notícias, usando cartas do baralho de sua família. Só que as cartas, com séculos de História, começam a falar com ela. Literalmente.

Com direção geral de Roberto d’Avila (“Santo Forte”), a série também inclui Leonardo Bittencourt (“A Menina que Matou os Pais”), Maria Clara Gueiros (“De Perto Ela Não é Normal”), Rosi Campos (“Crô em Família”), Bruna Inocêncio (“Carnaval”), Priscila Lima (“Brilhante F.C.”), Enzo Romani (“Reality Z”) e Luana Martau (“Amor Sem Medida”) em seu elenco.

Já “O Beijo Adolescente”, ao contrário do que o título possa sugerir, é uma fantasia teen de super-heróis, com 8 episódios de 30 minutos cada.

A trama gira em torno de Ariel, pré-adolescente que acaba de mudar de casa e escola. No novo colégio, ele sofre bullying e só tem um amigo. Mas após beijar uma menina mais velha, descobre que tem um poder especial, passando a integrar o BA (Beijo Adolescente), “grupo seleto de meninos e meninas que desenvolvem poderes na adolescência e ditam as tendências do mundo atual”, segundo a sinopse oficial. Este é o início de uma aventura que coloca o BA no rastro de um monstro assassino, que só os jovens parecem enxergar, e em rota de colisão contra as autoridades.

A série foi desenvolvida pelos diretores Peppe Siffredi (“A Viagem de Yoani”) e Mariana Youssef (“Lov3”), e tem o produtor Caio Gullane (“Carcereiros”) como showrunner, mas seu elenco não foi anunciado.