Divulgação/Gaumont

César 2022: “Ilusões Perdidas” vence o “Oscar francês”

O prêmio César, considerado o “Oscar francês”, realizou sua cerimônia na noite de sexta-feira (25/2), no L’Olympia, em Paris, reunindo várias estrelas do cinema internacional como Léa Seydoux, François Cluzet, Valérie Lemercier, Adam Driver, Emma Mackey e Cate Blanchett, homenageada do evento com o César de Honra pela carreira.

O grande vencedor da noite foi “Ilusões Perdidas”, de Xavier Giannoli, que conquistou sete prêmios, inclusive o César de Melhor Filme do ano. Ainda inédito no Brasil, o longa é uma adaptação do clássico literário homônimo de Honoré de Balzac e chegou a competir no Festival de Veneza sem conquistar prêmios. A estreia nacional está marcada para 28 de abril.

O segundo filme com mais troféus foi “Annette”. O musical estrelado por Adam Driver e Marion Cotillard foi o segundo maior vencedor da noite com cinco Césars, inclusive de Melhor Direção para Leos Carax. Já os prêmios de Melhor Ator e Atriz ficaram com Benoit Magimel, por “De Son Vivant”, e Valérie Lemercier, por “Aline”.

A cerimônia ainda prestou homenagem a Gaspard Ulliel, falecido num acidente de ski em janeiro, com um emocionante discurso do cineasta Xavier Dolan, que dirigiu o ator em “É Apenas o Fim do Mundo” (2016). Ulliel venceu o César pelo desempenho naquele filme.

Veja abaixo a lista dos vencedores.

Melhor Filme
“Ilusões Perdidas”, dirigido por Xavier Giannoli

Melhor Direção
Leos Carax por “Annette”

Melhor Atriz
Valérie Lemercier por “Aline”

Melhor Ator
Benoît Magimel por “De Son Vivant”

Melhor Ator Coadjuvante
Vincent Lacoste por “Ilusões Perdidas”

Melhor Atriz Coadjuvante
Aïssatou Diallo Sagna por “La Fracture”

Melhor Revelação Feminina
Anamaria Vartolomei por “L’événement”

Melhor Revelação Masculina
Benjamin Voisin por “Ilusões Perdidas”

Melhor Filme Estrangeiro
“O Pai”, dirigido por Florian Zeller

Melhor Filme de Estreia
“Les Magnétiques”, dirigido por Vincent Maël Cardona

Melhor Roteiro Original
Arthur Harari e Vincent Poymiro por “Onoda, 10 000 Nuits dans la Jungle”

Melhor Roteiro Adaptado
Xavier Giannoli e Jacques Fieschi por “Ilusões Perdidas”

Melhor Cenografia
Riton Dupire-Clément por “Ilusões Perdidas”

Melhor Figurino
Pierre-Jean Larroque por “Ilusões Perdidas”

Melhor Direção de Fotografia
Christophe Beaucarne por “Ilusões Perdidas”

Melhor Edição
Nelly Quettier por “Annette”

Melhor Trilha Sonora
Ron Mael e Russell Mael por Sparks por “Annette”

Melhor Som
Erwan Kerzanet, Katia Boutin, Maxence Dussère, Paul Heymans e Thomas Gauder por “Annette”

Melhores Efeitos Visuais
Guillaume Pondard por “Annette”

Melhor Animação
Patrick Imbert por “Viagem ao Topo da Terra”

Melhor Documentário
“La Panthère des Nneiges”, dirigido por Marie Amiguet e Vincent Munier

Melhor Curta-Metragem
“Les Mauvais Garçons”, dirigido por Elie Girard

Melhor Curta Animado
“Folie Douce, Folie Dure”, dirigido por Marine Laclotte

Melhor Curta Documentário
“Maalbeek”, dirigido por Ismaël Joffroy Chandoutis

César de Honra
Cate Blanchett