Divulgação/Disney

Mark Hamill entra na nova série de terror do cineasta de “Missa da Meia-Noite”

O diretor Mike Flanagan anunciou o elenco de seu novo terror para a Netflix. Após a minissérie “Missa da Meia-Noite” (2021), ele vai voltar ao tema das casas mal-assombradas, que geraram “A Maldição da Residência Hill” (2018) e “A Maldição da Mansão Bly” (2020), para adaptar o clássico da literatura gótica “A Queda da Casa Usher”, de Edgar Allan Poe.

Intitulada em inglês “The Fall of the House of Usher”, a minissérie conta com Mark Hamill (o Luke Skywalker de “Star Wars”), Mary McDonnell (“Battlestar Galactica”), Carl Lumbly (“Supergirl”) e colaboradores frequentes do cineasta, como Henry Thomas, Carla Gugino, Rahul Kohli e Kate Siegel, que trabalharam juntos em “A Maldição da Mansão Bly” e “Missa da Meia-Noite”, entre um total de 21 nomes revelados.

Já o papel principal caberá a Frank Langella (“Os 7 de Chicago”) em seu primeiro terror deste século – desde “O Último Portal” (1999), de Roman Polanski. O ator veterano, que já viveu Drácula em 1979, dará vida a Roderick Usher, papel famosamente interpretado por Vincent Price na adaptação dirigida por Roger Corman em 1960.

Além de produzir e escrever, Flanagan também deve dirigir quatro dos oito episódios da nova atração.

Publicado em 1893, o conto de Poe é um mergulho na loucura, isolamento e identidades metafísicas, que gira em torno de uma visita à casa de Roderick Usher, onde os irmãos moradores encontram-se sob uma estranha maldição.

A obra já ganhou várias adaptações no cinema. A mais antiga foi produzida em 1928 com roteiro do mestre do surrealismo Luis Buñuel. A mais famosa chegou aos cinemas em 1960, com o título brasileiro de “O Solar Maldito” e é considerada a obra-prima da carreira do diretor Roger Corman e do ator Vincent Price.

Não há previsão para o lançamento da versão de Flanagan.