Divulgação/Marvel

Diretora revela que “Eternos” quase teve final deprimente

A diretora Chloé Zhao revelou que “Eternos” teria originalmente um final sombrio e até deprimente.

“O filme terminaria com todo mundo de volta à espaçonave, com suas mentes apagadas, e indo para outro planeta, como num episódio de ‘Além da Imaginação'”, disse Zhao, em entrevista à revista Empire.

Este final, porém, não funcionava no contexto das produções do estúdio, porque tiraria os personagens do MCU (Universo Cinematográfico da Marvel) ou, no mínimo, os deixaria indiferentes ao que viesse a acontecer dali em diante.

“Eu me lembro que quando a tela ficava escura, todo mundo ficava pensando: ‘Eu não sei o que fazer'”, ela contou, sobre a reação durante as sessões de teste. “Além disso, é o MCU, e você quer ficar empolgado para o que virá a seguir”, completou Zhao, justificando o descarte deste final.

Mesmo com a mudança para um desfecho menos triste, “Eternos” não agradou, consagrando-se como o filme pior avaliado do MCU, tanto entre a crítica (Rotten Tomatoes) como entre o público (CinemaScore).

“Eternos” teve apenas 47% de aprovação no Rotten Tomatoes e registrou o primeiro “B” da Marvel no CinemaScore, superando a pior nota do estúdio até então, um “B+” conferido ao primeiro filme de Thor, em 2011. Todos os outros filmes do MCU receberam A-, A ou A+.