Divulgação/Paramount

Heroína de “Pânico” será mãe na continuação

A atriz Neve Campbell revelou detalhes sobre o enredo do próximo filme da franquia “Pânico”, em que volta a interpretar Sidney Prescott, a “final girl” que até aqui sobreviveu a todos os ataques do assassino mascarado.

E a principal novidade é que “Sidney agora é mãe”, contou Campbell em entrevista para a revista Total Film. “Então, ela tem outro nível de força como mulher. Ela está morando fora de sua cidade natal. Ela mora longe de Woodsboro. E ela tem uma vida feliz. E isso é tudo que posso dizer”, acrescentou.

A atriz também explicou como foi convencida a voltar para o quinto filme, após relutar com a ideia.

“Eu pensei que tinha deixado Sidney para trás quando perdemos Wes [Craven, o diretor]. Eu estava apreensiva com a ideia de ‘Pânico’ ser revivido por outra pessoa. Quando o projeto apareceu, pensei: ‘Oh, não!’. Mas então eu assisti ‘Casamento Sangrento’, e percebi que os diretores eram soberbamente talentosos, e que o filme deles certamente estava de acordo com o tom dos filmes da franquia”, concluiu.

Além de Neve Campbell, o quinto “Pânico” também trará de volta Courteney Cox e David Arquette, que retomam seus papéis como Gale e Dewey Riley.

Eles voltam a se reencontrar quando um novo assassino mascarado começa a matar adolescentes em sua cidadezinha natal, Woodsboro. E logo percebem que as vítimas tem relação com os personagens do primeiro filme.

Para acompanhar o trio que apareceu em todos os longas, a produção conta ainda com Marley Shelton, que viveu uma policial em “Pânico 4”, e os novatos Melissa Barrera (“Vida”), Jenna Ortega (“Jane the Virgin”), Jack Quaid (“The Boys”), Dylan Minnette (“13 Reasons Why”), Kyle Gallner (“Sniper Americano”), Mikey Madison (“Better Things”), Mason Gooding (“Fora de Série”) e Jasmin Savoy Brown (“The Leftovers”).

Os responsáveis por substituir o falecido Wes Craven na direção são a dupla Matt Bettinelli-Olpin e Tyler Gillett, que dirigiram o bom terrir “Casamento Sangrento” (Ready or Not), lançado diretamente em VOD no Brasil. Eles integram um coletivo de criadores chamado Radio Silence, do qual também faz parte um dos roteiristas do filme, Guy Busick (que coescreveu “Casamento Sangrento”). A história também foi trabalhada pelo veterano roteirista James Vanderbilt (de “O Espetacular Homem-Aranha”).

A estreia está marcada para 13 de janeiro no Brasil, um dia antes do lançamento nos EUA.