Instagram/Dan Aykroyd

Dan Aykroyd defende cancelamento do humor ofensivo

Na esteira da polêmica do especial de Dave Chappelle que revoltou a comunidade LGBTQIA+, o veterano comediante Dan Aykroyd deu uma entrevista em que diz concordar com o cancelamento de humoristas que fazem piadas ofensivas. Para o astro de “Os Caça-Fantasmas” e “Irmãos Cara-de-Pau”, eles estão sendo “cancelados com razão” pelo público.

“Há muita variedade no humor para que você não precise ir para o escatológico, não precise mexer em questões divisivas, para fazer alguém rir. Há tanta coisa acontecendo no mundo, tanta coisa para comentar fora do espectro ofensivo. Como escritor, digo com tranquilidade que é possível fazer humor com vários assuntos e ser bem sucedido”, disse o comediante à revista The Hollywood Reporter.

“Há formas mais inteligentes de se fazer humor longe desse tipo de coisa que está sendo cancelada, e com razão, porque machuca as pessoas”, adicionou.

Para finalizar a reflexão sobre o tema, Aykroyd usou um exemplo de seu próprio passado. “Quem pode ser imitado, e por quem, hoje em dia? Isso precisa ser discutido. Eu posso fazer minha antiga imitação de James Brown? Ele foi um grande amigo meu, e acho que fazia a voz dele bem, mas talvez eu não devesse mais fazer isso”, comparou.

Aykroyd será visto a seguir em “Ghostbusters: Mais Além”, continuação do clássico “Caça-Fantasmas”, que ele coestrelou e coescreveu nos anos 1980. A estreia está marcada para 18 de novembro no Brasil.