Instagram/The Academy

Quentin Tarantino não perdoa mãe por tentar impedir sua carreira

O diretor Quentin Tarantino revelou que sua mãe está em sua lista negra por ter tentado dificultar sua carreira. Em entrevista ao podcast The Moment, o diretor de cinema revelou que não só não recebeu apoio de sua mãe como ela tentou impedir que ele seguisse seus sonhos cinematográficos.

Ele contou que começou a escrever seus primeiros roteiros quando estava na escola, só que isso não foi aceito pelos professores porque não estava no currículo. “Eles consideravam um ato desafiador de rebelião eu fazer isso ao invés do meu trabalho escolar”.

Por causa disso, sua mãe quis proibi-lo de escrever. “Ela disse, ‘e a propósito, esta pequena carreira de roteirista que você está tentando simplesmente acabou’, com aspas nos dedos e tudo mais”, revelou.

Tarantino diz que nunca esqueceu e nem a perdoou. “Quando ela me disse aquilo daquele jeito sarcástico, eu apenas pensei, ‘quando eu me tornar um roteirista de sucesso, você nunca verá um centavo do meu sucesso'”, explicou.

“Não haverá uma casa nova para você. Não há férias para você, nenhum Cadillac Elvis para a mamãe. Você não ganhar nada. Porque você disse isso”, completou o cineasta, que venceu dois Oscars pelos roteiros de “Pulp Fiction” e “Django Livre”, exatamente o que sua mãe queria proibir que ele fizesse.