Divulgação/Freeform

“Motherland: Fort Salem” é renovada para 3ª e última temporada

O canal pago americano Freeform anunciou a renovação de “Motherland: Fort Salem” para sua 3ª temporada. Fãs estavam preocupados porque a maior parte do público acompanha a exibição pela plataforma Hulu, fazendo com que a atração tenha baixa audiência ao vivo – a média atual é de 183 mil espectadores.

A má notícia é que a próxima temporada também será a última. Com uma mitologia original e ambiciosa, a série teria fôlego criativo para durar pelo menos o dobro disso.

Em seu comunicado, a própria presidente do Freeform, Tara Duncan, destaca a inovação narrativa da trama.

“Estamos entusiasmados em trazer ‘Motherland: Fort Salem’ de volta para uma 3ª temporada”, disse Duncan. “Sou grata ao [criador] Eliot Laurence e a toda a equipe de ‘Motherland’. Eles conceberam uma mitologia verdadeiramente envolvente que repercutiu entre os fãs desde o primeiro dia, e eu sei que este último capítulo manterá o mesmo nível. ”

A série de Eliot Laurence (que também criou “Claws”) se passa numa realidade alternativa, onde as bruxas de Salem não foram exterminadas no final do século 17. Elas interromperam a caçada implacável com uma proposta irrecusável: lutar pela independência dos EUA em troca do fim de sua perseguição. Séculos depois, elas são consideradas heroínas e representam a força armada mais perigosa do país, responsáveis pela supremacia americana no cenário internacional.

Enquanto a 1ª temporada foi marcada pelo conflito com bruxas terroristas (Spree), que usam seus poderes para matar o maior número possível de civis, o segundo ano da produção apresentou novos antagonistas (Camarilla). Formada por antigos caçadores de bruxas, a organização subversiva usa biotecnologia avançada para exterminar as feiticeiras, sem diferenciar terroristas e integrantes das forças armadas americanas.

As protagonistas são três jovens recrutas do exército de bruxas, que a série apresentou desde os treinamentos iniciais até os combates decisivos contra os inimigos, mas muitas coadjuvantes roubam cenas em meio a uma disputa de bastidores pelo poder.

Além de muitos efeitos visuais para demonstrar os talentos sobrenaturais das jovens bruxas, os episódios também chamam atenção por explorar uma nova moralidade, com ampla aceitação da sexualidade como parte importante da vida militar.

“Cada vez que mergulhamos de volta no mundo de ‘Homeland: Ford Salem’, é um prazer e também uma honra”, disse Laurence, que produz a série ao lado do comediante Will Ferrell, do diretor Adam McKay, do produtor Kevin Messick e da atriz/diretora Amanda Tapping. “Mal posso esperar para trazer a 3ª temporada ao mundo. Planejamos aumentar as apostas insanas do final com uma jornada épica, assustadora e satisfatória, enquanto nos aprofundamos nas origens antigas das bruxas. Somos muito gratos ao Freeform pela oportunidade e aos nossos fãs – seu amor é palpável, espere até ver o que temos reservado.”

Veja abaixo o anúncio de renovação e o trailer do último capítulo da 2ª temporada, que vai ao ar nesta terça-feira (24/8) nos EUA. Inédita no Brasil, a série deve chegar com a inauguração da plataforma Star+ em 31 de agosto.