Divulgação/NBC

Atriz de “The Good Place” será vilã da série da Mulher-Hulk

A atriz inglesa Jameela Jamil, que ficou conhecida como a Tahani da série “The Good Place”, foi escalada para viver uma vilã clássica da Marvel na série da Mulher-Hulk, atualmente em desenvolvimento para a Disney+.

O blog The Illuminerdi apurou e a revista Variety confirmou que a atriz interpretará Titânia, personagem criada por Jim Shooter e Mike Zeck, introduzida na célebre minissérie “Guerras Secretas”, de 1984.

Nos quadrinhos, Mary MacPherran era uma garota pequena e fraca que acaba sendo transportada acidentalmente para o Mundo de Batalha das Guerras Secretas. Ao chegar lá, ela se alia ao Doutor Destino para ganhar poderes e se transforma em Titânia. Vale lembrar que ela chega no planeta com sua melhor amiga, Marsha Rosenberg, que também vira uma vilã: Vulcana.

Desde então, Titânia se tornou uma personagem recorrente dos quadrinhos, enfrentando o Homem-Aranha, o Quarteto Fantástico, a Capitã Marvel (quando ainda era Ms. Marvel), a Poderosa Thor e principalmente a Mulher-Hulk, com quem desenvolveu grande rivalidade.

A escalação de Jameela Jamil ainda não foi confirmada pela Marvel, que também não explicou como Titânia ganhará seus poderes na série, já que a trama obviamente não adaptará “Guerras Secretas”.

“She-Hulk”, o título original da série da Mulher-Hulk, está sendo escrita por Jessica Gao, roteirista da animação “Rick and Morty” e da sitcom “Corporate”. O elenco destaca Tatiana Maslany (“Orphan Black”) no papel-título, além de Mark Ruffalo (“Vingadores: Ultimato”), intérprete do Hulk, e Tim Roth, que vai voltar a viver o monstro Abominável, que ele interpretou no filme “O Incrível Hulk”, de 2008.

A trama vai mostrar como a advogada Jennifer Walters se transforma numa versão feminina do Hulk ao receber uma transfusão de sangue de seu primo mais famoso, Bruce Banner (o Hulk). Ela foi a última personagem importante criada por Stan Lee na Marvel, no ano de 1980, e se tornou membro dos Vingadores como o primo. Mas, diferente de Banner, Jennifer prefere ser a Mulher-Hulk em tempo integral, porque mantém sua inteligência durante a transformação.