Divulgação/Globoplay

“As Five” é renovada para 3ª temporada

Antes mesmo de começar a gravar a 2ª temporada de “As Five”, a Globoplay já encomendou o terceiro ano da série para o autor Cao Hamburger, que continuará responsável por escrever os episódios.

Como a Netflix, a Globoplay não revela números de audiência, mas foi possível perceber o sucesso da atração pela quantidade de vezes que ela apareceu nos tópicos mais citados do Twitter a cada episódio liberado.

O problema para a série é que esse sucesso se estendeu à carreira das estrelas da atração, que se tornaram muito requisitadas para novos trabalhos e se encontram com as agendas ocupadas com produções da própria Globo. Este, por sinal, é um dos motivos para a demora nas gravações da 2ª temporada.

A série juvenil é derivada de “Malhação: Viva a Diferença”, atração premiada com o Emmy Kids Internacional. Só que os temas são bem mais adultos, ao mostrar o que aconteceu com as “Five”, as cinco protagonistas da história original, após cada uma seguir um rumo diferente no final da história exibida entre entre 2017 e 2018 – e recentemente reprisada na rede Globo.

A trama mostra a vida adulta de Tina (Ana Hikari), Keyla (Gabriela Medvedovski), Benê (Daphne Bozaski), Ellen (Heslaine Vieira) e Lica (Manoela Aliperti) cinco anos após a exibição do arco premiado da novelinha adolescente.

Num dos episódios que mais movimentaram a web, Dira Paes contracenou cenas quentes com Manoela Aliperti. A exibição levou o nome da atriz veterana aos Trending Topics do Twitter. Outra cena que repercutiu foi um beijo triplo entre Rafael Vitti, Sophia Abrahão e Ana Hikari.

As cenas costumam render elogios à produção e até declarações apaixonadas para as atrizes.

Mas também geraram uma reclassificação etária da série. Originalmente liberada para menores de 14 anos, “As Five” passou a ser considerada imprópria para menores de 16 pelo Ministério da Justiça, devido “a presença de drogas, violência e conteúdo sexual”.