Divulgação/DC Comics

Warner procura diretor e ator negros para seu próximo Superman

O próximo Superman dos cinemas será negro. A revista The Hollywood Reporter fez uma reportagem sobre os bastidores da produção da Warner e revelou que o estúdio busca um ator e um diretor pretos para filmar a produção.

A decisão estaria ligada à encomenda do roteiro à Ta-Nehisi Coates, jornalista, escritor e autor de quadrinhos do Pantera Negra na Marvel. Ele se tornou roteirista de cinema recentemente, pelas mãos do cineasta Ryan Coogler (“Pantera Negra”), assinando a trama do vindouro drama “Wrong Answer”, que ainda não tem previsão de estreia.

O reboot do Homem de Aço está sendo produzido pelo também cineasta J.J. Abrams (“Star Wars: A Ascensão Skywalker”), dentro de um contrato milionário de desenvolvimento que ele fechou para sua empresa Bad Robot com a Warner. Vale lembrar que Abrams chegou a escrever um filme do herói, “Superman: Flyby”, em 2002, que nunca foi produzido. Mas as fontes do THR afirmam que seu nome foi descartado como diretor, porque seria um equívoco racial.

Segundo apurou a publicação, o roteiro de Coates vai mostrar um Kal-El preto, que chega de Krypton e tem vivências similares às conhecidas pelos fãs de quadrinhos, ao mesmo tempo em que evocarão o tratamento diferente que ele recebe por não ser branco. A época em que a trama se passa está aberta à discussões, mas, também de acordo com o THR, a produção tende a ser de época e se passar no século 20 para explorar o conflito racial em potencial.

Ainda em desenvolvimento, o roteiro só deve ficar pronto no fim do ano. A Warner teria dado até dezembro para Coates encerrar a história.

Entre os diretores considerados para a comandar o longa estão Steven Caple Jr. (“Creed II”), Regina King (“Uma Noite em Miami”) e Shaka King (“Judas e o Messias Negro”). O último teria vantagem por já trabalhar com o estúdio. “Judas e o Messias Negro” foi uma produção da Warner e conquistou dois Oscars em abril passado.

Nos últimos dias, o astro Michael B. Jordan (“Creed”, “Pantera Negra”) se retirou da disputa pelo papel principal. “Estou lisonjeado que as pessoas me incluam nessa conversa”, ele disse ao THR enquanto promovia “Sem Remorso”, da Amazon. “É definitivamente um elogio, mas vou apenas assistir a este filme.”

O último filme-solo do personagem foi “Homem de Aço”, de 2013, que introduziu a versão atual do herói nos cinemas, interpretada por Henry Cavill. Desde então, este Superman apareceu em “Batman vs. Superman” (2015) e “Liga da Justiça” (2017), que ganhou uma segunda versão (do diretor por Zack Snyder) em março passado.

O Superman negro pode ser novidade dos cinemas, mas uma versão afro-americana do herói já apareceu nos quadrinhos, criada por Grant Morrison e Doug Mahnk em 2009. Ao vir de Krypton, ele adotou o nome de Calvin Ellis (mais parecido com Kal-El) e, ao contrário de Clark Kent, conseguiu um emprego bem mais importante que jornalista, tornando-se presidente dos Estados Unidos!

A história deste Superman se passa em outra Terra no Multiverso. E a Warner pretende introduzir o Multiverso nos cinemas no vindouro filme “The Flash”, que começou recentemente a sua produção.