Divulgação/ITV

Sanditon: Theo James revela que não volta na 2ª temporada

Ressuscitada pelo canal público americano PBS após ter sido descartada pela rede britânica ITV, “Sanditon” voltará para mais duas temporadas, mas a atriz Rose Williams (de “Reign/Reinado”) vai perder seu par romântico. O ator Theo James (“Divergente”) anunciou que não retornará para os novos episódios da série.

“Embora tenha adorado interpretar Sidney, sempre afirmei que sua jornada terminou como eu queria”, manifestou-se James num texto publicado no Twitter oficial do canal PBS na sexta-feira (7/5).

“O fim com sensação de conto de fadas imperfeito entre Charlotte e Sidney é diferente, único e muito interessante para mim. Eu desejo ao elenco e à equipe de ‘Sanditon’ todo o sucesso nas futuras temporadas”, concluiu.

O ator encontra-se com a agenda cheia, após assumir um dos papéis principais em “The Time Traveler’s Wife”, nova série da HBO que começará as gravações ainda neste ano.

Na série, Sidney Parker, vivido por James, fazia par romântico com Charlotte Heywood (Rose Williams), personagem principal da produção. Filha de uma família rica do interior rural da Inglaterra, a vida de Charlotte passa por uma grande transformação quando ela visita a cidade do título, uma sonolenta vila de pescadores que está tentando se reinventar como um resort à beira-mar – e para isso precisa atrair turistas abastados.

Ela vai embora ao fim da 1ª temporada, deixando o romance interrompido.

A saída de James deve alterar os rumos da produção, que originalmente nunca foi terminada em sua forma original.

A trama é baseada no último romance não finalizado de Jane Austen (1775—1817), mais famosa escritora romântica de todos os tempos, autora de “Orgulho e Preconceito” e “Emma”, entre outros clássicos. Ela escreveu os 11 primeiros capítulos de “Sanditon” meses antes de sua morte, em 1817, mas não concluiu a trama.

Apesar disso, a história inacabada já ganhou várias versões literárias, finalizadas por diferentes escritores – e até uma sobrinha de Austen. A adaptação da TV foi escrita por Andrew Davies, responsável pela versão da BBC de “Guerra e Paz”. Mas seu final abrupto, como o romance, dividiu opiniões em 2019, originando uma campanha de fãs por uma 2ª temporada, embora a ITV tenha abordado “Sanditon” como uma minissérie.

Nesse meio tempo, porém, a atração se tornou um fenômeno internacional, com sucesso até no Brasil, onde foi recentemente disponibilizada pela Globoplay.

Após uma longa negociação, o PBS, que exibiu a série nos EUA, assumiu o compromisso de continuar a história. Andrew Davies, responsável pela adaptação original, assumirá a produção, enquanto Justin Young, que escreveu quatro dos primeiros episódios, será o responsável por desenvolver o resto da trama – inédita, pois ultrapassa o texto original de Jane Austen.

Como a autora não finalizou a obra, Young terá que imaginar a continuação da história sem Sidney.

“Embora Sidney Parker não retorne, tenha a certeza de que uma abundância de romance e aventura está à frente para a heroína de ‘Sanditon'”, diz o texto da PBS que acompanha o recado de Theo James. Veja abaixo.