Divulgação/IMDb

Elizabeth Olsen vai estrelar minissérie sobre assassina dos anos 1980

A atriz Elizabeth Olsen, estrela de “WandaVision”, vai trocar a plataforma Disney+ pela rival HBO Max em sua próxima minissérie.

Ela será protagonista de “Love and Death”, sobre um famoso assassinato acontecido no Texas em 1980. Produção da Lionsgate Television, a atração é baseado no livro “Evidence of Love: A True Story of Passion and Death in the Suburbs”, de John Bloom e Jim Atkinson.

Na trama, Olsen interpretará Candy Montgomery, que foi condenada pelo assassinato de sua vizinha e amiga Betty Gore com um machado.

A adaptação da tragédia será produzida por David E. Kelley e Nicole Kidman, que retomam a parceria bem-sucedida das séries “Big Little Lies” e “The Undoing”, ambas lançadas pela HBO. Para o novo projeto, eles ainda se associam à diretora Lesli Linka Glatter, indicada cinco vezes ao Emmy pela série “Homeland”.

“Esta é uma história emocionante sobre as frustrações e desejos de duas mulheres em uma cidade pequena, que culmina em um terrível ato de violência”, disse a diretora de conteúdo original da HBO Max, Sarah Aubrey. “Estamos entusiasmados com a parceria com David, Lesli, Nicole e Per [Saari, sócia de Kidman] e incrivelmente afortunados por ter Elizabeth no centro de nossa história para trazer à tona todas as camadas de Candy que tornam esta história tão inesquecível.”

“Não podíamos imaginar um artista mais perfeita para desempenhar o papel principal de Candy do que Elizabeth Olsen”, disse o presidente do Lionsgate TV Group, Kevin Beggs. “Seu talento, carisma e energia conseguem enfeitiçar o público como nenhuma outra. Estamos orgulhosos de colaborar com uma equipe criativa de classe mundial de Lesli, David e Nicole nesta série emocionante e intrigante e em trazer outra propriedade premium empolgante para nossos parceiros na HBO Max.”

“Love and Death” é o segundo projeto sobre o caso Montgomery-Gore em desenvolvimento. A atriz Elisabeth Moss (“The Handmaid’s Tale”) está à frente de “Candy”, outra minissérie que está a cargo do Universal Studio Group, com produção de Robin Veith e Nick Antosca, ambos de “The Act”.

Nenhuma das duas atrações revelou cronograma de produção ou previsão de estreia.