Elisabeth Moss viverá assassina em minissérie sobre crime real



A atriz Elisabeth Moss (“O Homem Invisível”) vai viver uma assassina real numa nova minissérie criminal.

Intitulada “Candy”, a atração vai contar a história verdadeira de Candy Montgomery e sua vítima, Betty Gore. O crime aconteceu no Texas em 1980 e surpreendeu porque Candy tinha tudo – um marido amoroso com um bom emprego, um casal de filhos e uma bela casa nos novos subúrbios – e mesmo assim matou sua amiga da igreja à machadadas.

A vencedora do Emmy por “The Handmaid’s Tale” vai produzir e interpretar Candy no projeto, que tem roteiro de Robin Veith, com quem ela trabalhou em “Mad Men”. Os dois dividirão a produção com Nick Antosca, cocriador de “The Act”, sobre outro crime real chocante.


Sem canal definido, o projeto será oferecido ao mercado pela produtora Universal Content Productions (UCP).

“Nick tem vontade de contar a história única de Candy Montgomery há muito tempo. Depois de trabalhar com Robin em ‘The Act’, os dois criaram um roteiro incrível que é tenso, distorcido e tentador”, disse a presidente da UCP, Dawn Olmstead, em comunicado. “Com uma variedade de trabalhos que falam por si mesmos, Elisabeth é uma escalação dos sonhos para nós e o cuidado e consideração que ela trará para os eventos complexos da trama realmente aprofundam o projeto. Eu gostaria de já estar sentada no sofá assistindo agora aos créditos de abertura”.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings