Divulgação/ABC

Ministra da Cultura da França elogia diretor de “Meu Pai”: “Que orgulho!”

A Ministra da Cultura da França, Roselyne Bachelot, elogiou nesta segunda-feira (26/4) a vitória do cineasta Florian Zeller no Oscar 2021.

“Que alegria, que orgulho!”, ela escreveu, ao celebrar a conquista do diretor francês, vencedor do troféu de Melhor Roteiro Adaptado por “Meu Pai”, baseado numa peça que ele mesmo escreveu. O filme, também dirigido por Zeller, ainda rendeu o Oscar de Melhor Ator para Anthony Hopkins.

Na mesma mensagem, Bachelot aproveitou para celebrar outros franceses vitoriosos na cerimônia de premiação da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos EUA, como Nicolas Becker, um dos integrantes da equipe vencedora do Oscar de Melhor Som por “O Som do Silêncio”, e Alice Doyard, produtora do Melhor Documentário em Curta Metragem, “Colette”.

As premiações também ganharam grande repercussão na mídia francesa.

O governo francês compartilha as vitórias de filmes e talentos do país por incentivar a produção de cinema nacional, com investimentos, apoios a festivais, cotas e muito mais – resultando em grande produtividade, visibilidade internacional e a maior reserva de mercado de cinema do mundo.