Divulgação/Searchlight

Chefão da Marvel diz que Chloé Zhao traz seu “estilo exclusivo” para “Eternos”

Chefão do Marvel Studios, Kevin Feige encheu a diretora Chloé Zhao de elogios numa entrevista publicada nesta quarta (28/4) na edição especial da revista Variety dedicada ao Oscar 2021. A cineasta, que no domingo passado (25/4) se tornou a segunda mulher a vencer um Oscar de Melhor Direção por “Nomadland”, está à frente do filme de super-heróis “Eternos”, estrelado por Angelina Jolie e grande elenco.

Segundo Feige, “Eternos” será o filme com a fotografia mais bonita da Marvel. Ele contou que, ao mostrar as primeiras cenas para os executivos da Disney, precisou reforçar que as imagens não tinham efeitos visuais.

“Eu lembro de ficar dizendo, ‘Isso saiu direto da câmera; não há nenhum trabalho de VFX nisso’. Porque era um lindo pôr do sol, com ondas perfeitas e névoa saindo da costa neste penhasco gigante – coisa realmente impressionante. Isso não é apenas algo que ela trouxe para a Marvel, que é mais acostumada com produções de cenários virtuais. Este é o seu estilo exclusivo.”

Feige lembrou que ela lutou para ter locações reais e elementos cênicos verdadeiros nos sets. “Sim, o filme continua cheio de efeitos visuais e personagens com poderes extraordinários, mas ela quis fazer o máximo possível em locações remotas. E isso se manifesta imediatamente em benefícios visuais na tela”.

Para o produtor, a experiência de trabalhar com a cineasta premiada representa o ápice de uma estratégia adotada no MCU, de criar parcerias com cineastas de pegada autoral.

“Nos aprendemos a trabalhar com todos os tipos diferentes de cineastas. Quando você pega pessoas com pontos de vista únicos, independente do tamanho do filme que fizeram no passado, e os capacita e os envolve com os grandes artistas e técnicos que podem trazer o espetáculo, que podem trazer os visuais que um filme da Marvel requer, eles podem levar a produção a lugares onde você nunca esteve antes. Acho que isso foi visto com todos os cineastas com quem trabalhamos, mas particularmente com os cineastas que fizeram coisas menores e mais pessoais antes de embarcar no MCU. E Chloé é provavelmente o melhor exemplo disso. Não apenas por causa do trabalho que ela fez, mas por toda a sua história. Como ela vê o mundo é muito único, e é isso que você quer em seus contadores de histórias e cineastas. Você quer que os cineastas entrem e continuem a evoluir e adaptar sua arte para criar filmes da Marvel Studios”.

Na conversa, Feige ainda revelou que “Nomadland” foi editado quase paralelamente às filmagens de “Eternos”.

“Ela inicialmente colocaria ‘Nomadland’ na prateleira para concluir depois que ‘Os Eternos’ fosse finalizado e lançado. Mas por causa da paralisação da produção, devido à covid-19, ela decidiu pegar seu laptop e, você sabe, terminar este pequeno filme que ela estava fazendo!”

A moral da história, de acordo com o produtor é: “Deixe os cineastas terminarem seus projetos de paixão quando tiverem tempo ocioso em produções gigantes da Marvel, porque de repente eles podem fazer história no Oscar”.

Para quem não conhece – e é muita gente, porque os quadrinhos originais estão entre os trabalhos mais obscuros de Jack Kirby – , “Eternos” são alienígenas antigos que vivem em segredo na Terra por milhares de anos. Segundo a sinopse oficial, após os eventos de “Vingadores: Ultimato”, uma tragédia inesperada faz com que eles saiam das sombras e se reúnam contra os inimigos mais antigos da humanidade, os Deviantes.

A produção é estrelada por Richard Madden (‘Game of Thrones’), Gemma Chan (“Capitã Marvel”), Kumail Nanjiani (“Silicon Valley”), Lauren Ridloff (“The Walking Dead”), Brian Tyree Henry (“Brinquedo Assassino”), Salma Hayak (“Dupla Explosiva”), Lia McHugh (“American Woman”), Don Lee (“Invasão Zumbi”), Barry Keoghan (“Dunkirk”), Kit Harrington (“Game of Thrones”) e Angelina Jolie (“Malévola: Dona do Mal”).

Atualmente em fase de produção – Zhao ainda trabalha na edição – , o filme tem estreia marcada para novembro.