Divulgação/Warner

“ThunderCats” vai virar filme do diretor de “Godzilla vs Kong”

Embalado pelo sucesso internacional de seu novo filme, “Godzilla vs Kong”, o diretor Adam Wingard revelou, durante entrevista ao site Deadline, que irá dirigir um longa do desenho “ThunderCats”. A produção da Warner Bros. foi descrita por Wingard como seu “projeto dos sonhos”. Ele também irá escrever o roteiro em parceria com sua parceiro habitual Simon Barrett.

“‎‎’ThunderCats’‎‎ é um projeto dos sonhos. Quando eu estava no ensino médio, era obcecado pela série, justamente no auge do desejo de me tornar um cineasta. Lembro que não conseguia prestar atenção nas aulas, tirei notas terríveis. O motivo? Estava ocupado escrevendo meu roteiro ‎‎de ‘ThunderCats, com 272 páginas. Eu ainda tenho! Então, 20 anos depois, aqui estamos nós. O estúdio adorou ‘Godzilla vs. Kong’, e ouvi dizer que havia algo ‎‎dos ‘ThunderCats’‎‎ navegando por lá, dos mesmos produtores de ‘Death Note’ na Netflix, do qual também dirigi. Perguntei a eles, ‘Posso reescreve-lo com meu colaborador Simon Barrett? Porque isso é uma grande paixão para mim.’”, ele contou.

“Vi como uma oportunidade de fazer um novo tipo de espetáculo de fantasia de ficção científica que as pessoas nunca viram antes. Tem uma mitologia rica, os personagens são fantásticos. As cores. Quero fazer um filme dos ‘ThunderCats’ que te leve direto para a estética dos anos 1980. Não quero reinventar como eles se parecem, quero que se pareçam com os ‘ThunderCats’”, afirmou o diretor, acrescentando: “Não quero que se pareça com ‘Cats’”.

Como indicou Wingard, o projeto tem produção da dupla Dan Lin e Roy Lee, que também trabalhou com o diretor na adaptação de “Death Note” (2017) para a Netflix. O longa também deve ser uma animação ou um híbrido, mas não um filme totalmente live-action (com atores).

A série animada de 1985 foi um enorme sucesso, durando quatro temporadas, até 1989. No Brasil, chegou a ser exibida na TV aberta pela Globo e SBT.

Mais recentemente, o desenho ganhou um remake mais focado na ação, que durou só uma temporada em 2011 no Cartoon Network.