Divulgação/Sony

Tom Holland: Homem-Aranha 3 “é o filme solo de super-herói mais ambicioso já feito”

Cercada por rumores, a produção do terceiro filme do “Homem-Aranha” estrelado por Tom Holland ganhou ainda mais expectativas após uma entrevista do ator para a revista Variety nesta quinta (4/2). Sem poder revelar detalhes ou confirmar nada, Holland se contentou em dizer que a próxima produção do Homem-Aranha será o filme solo de super-herói mais ambicioso já feito.

“Posso dizer que é o filme solo de super-herói mais ambicioso já feito. Quando você se senta, lê o roteiro, vê o que eles estão tentando fazer e percebe que estão tendo sucesso… é realmente impressionante. Nunca vi um filme solo de super-heróis assim. E eu sou apenas, de novo, aquele merdinha sortudo que por acaso é o Homem-Aranha nisso tudo. Temos muito mais filmagens para fazer. Começamos antes do Natal e filmamos por umas sete semanas. Paramos para as férias de Natal e então começamos de novo. Estou tão animado quanto todo mundo para vê-lo, que dirá fazer parte dele.”

O que se sabe é que o filme, ainda sem título oficial, deve seguir os eventos de “Homem-Aranha: Longe de Casa”, que terminou com J. Jonah Jameson revelando a identidade secreta do herói para o mundo.

Holland, Zendaya, Marisa Tomei, Jacob Batalon e Tony Revolori vão voltar a seus papéis dos primeiros dois filmes, assim como J.K. Simmons como JJJ, mas o elenco contará com muitas novidades, desde a participação de Benedict Cumberbatch como Doutor Estranho até o retorno de Jamie Foxx como Electro e Alfred Molina como Doutor Octopus.

Vale lembrar que Electro foi o vilão de “O Espetacular Homem-Aranha 2” (2012), em que o Aranha foi vivido por Andrew Garfield, e Octopus enfrentou o Aranha de Tobey Maguire em “Homem-Aranha 2” (2004). Por conta disso, é forte a boataria em torno de uma trama envolvendo o multiverso e o encontro dos três intérpretes do Homem-Aranha no cinema.

A estreia do novo filme da Sony em parceria com a Marvel está marcada para 16 de dezembro no Brasil, um dia antes do lançamento nos EUA.