Divulgação/BFI

Patricia Healey (1936 – 2021)

A atriz britânica Patricia Healey, que apareceu em diversas séries do Reino Unido, morreu na quinta-feira (3/2), aos 85 anos, de complicações relacionadas à covid-19. Seu marido, o cantor Engelbert Humperdinck, anunciou o falecimento nas redes sociais, dizendo que estava “com o coração partido pela perda de minha querida esposa”, que morreu “cercada por nossos filhos”.

Healey enfrentou a doença de Alzheimer por mais de uma década, contou Humperdinck. “Seus cuidadores de longa data amorosamente ajudaram a tornar sua transição mais fácil para todos nós”, ele escreveu, acrescentando que a batalha de sua esposa contra o Alzheimer “foi corajosa desde o início”.

Entretanto, no final de janeiro, Humperdinck revelou que ele, Patricia, seu filho Jason e dois de seus cuidadores haviam testado positivo para o novo coronavírus. Apenas a atriz não conseguiu se recuperar.

Ela teve uma carreira constante na TV britânica, aparecendo em séries de 1954 a 1980. Mas nunca teve um papel fixo. Também foram poucas as participações cinematográficas, que aconteceram em três filmes: como protagonista no surreal “The White Bus” (1967) e figurante em “Um Homem de Sorte” (1973) e “Hospital dos Malucos” (1982).

Seu último trabalho foi na minissérie “Middlemarch” em 1994, após um hiato de 12 anos sem aparecer nas telas.

A atriz era casada com Engelbert Humperdinck desde 18 de abril de 1964 e eles tiveram quatro filhos.