Divulgação/Netflix

Globo de Ouro revela indicações com supremacia da Netflix

A Associação da Imprensa Estrangeira de Hollywood (HFPA) anunciou na manhã desta quarta-feira (3/2) os indicados na 78ª edição do Globo de Ouro, premiação dedicada ao cinema e à TV.

O evento faz parte do calendário inicial da temporada de premiações, que culmina no Oscar, e este ano vai acontecer em 28 de fevereiro, em duas cerimônias simultâneas realizadas em Nova York e Los Angeles.

A lista destacou com larga vantagem as produções da Netflix, com 42 indicações. Mas se a dianteira sobre a rival histórica HBO era esperada nas categorias televisivas, a grande surpresa ficou por conta da supremacia da plataforma na disputa cinematográfica, onde suas produções concorrem a 22 prêmios (mais que nas categorias de TV).

Os dois filmes com mais indicações foram produções da Netflix: “Mank”, que disputa seis troféus, e “Os 7 de Chicago”, nomeado a cinco prêmios. Eles são seguidos pelos dramas “Meu Pai”, “Nomadland” (vencedor dos festivais de Veneza e Toronto) e o thriller “Bela Vingança”, nomeados quatro vezes.

Já a comédia mais lembrada foi “Borat: Fita de Cinema Seguinte”, que disputa três prêmios. Por sinal, Sacha Baron Cohen, intérprete de Borat, foi indicado duas vezes como ator, pela comédia e também pelo drama “Os 7 de Chicago”.

Além de Cohen, as atrizes Anya Taylor-Joy e Olivia Colman também disputam dois troféus de atuação.

Depois de historicamente excluídas da categoria de direção, as mulheres cineastas foram maioria neste ano. Emerald Fennell (“Bela Vingança”), Regina King (“Uma Noite em Miami”) e Chloé Zhao (“Nomadland”) vão disputar o Globo de Ouro com David Fincher (“Mank”) e Aaron Sorkin (“Os 7 de Chicago”).

Em compensação, os filmes sobre a experiência negra (e asiática) foram barrados da competição. Justamente no ano em que filmes do gênero, como “Destacamento Blood”, “Uma Noite em Miami”, “Judas e o Messias Negro”, “A Voz Suprema do Blues”, “Estados Unidos Vs Billie Holiday” e “Minari – Em Busca da Felicidade” (vencedor do Festival de Sundance, que disputa apenas o prêmio de Melhor Filme de Língua Estrangeira) foram considerados as principais novidades.

A lista também ignora aquela que é considerada a melhor série do ano pela imprensa, “I May Destroy You”, criada e estrelada pela artista negra Michael Coel, enquanto produções destruídas pela crítica, como “Emily in Paris” e “Ratched”, mereceram indicações.

Entre as séries, “The Crown” foi a mais celebrada, com seis indicações, seguida por “Schitt’s creek” (5), “Ozark” e “The Undoing” (ambas com 4), “The Great” e a terrível “Ratched” (3).

Também ficaram de fora “Bridgerton”, que popularizou o galã negro Regé-Jean Page, e a aclamada performance de Zendaya em “Malcolm & Marie”.

Veja a lista completa abaixo.

CINEMA

Melhor Filme – Drama
“Meu Pai”
“Mank”
“Nomadland”
“Bela Vingança”
“Os 7 de Chicago”

Melhor Filme – Comédia ou Musical
“Borat: Fita de Cinema Seguinte”
“Hamilton”
“Palm Springs”
“Music”
“A Festa de Formatura”

Melhor Direção
Emerald Fennel (“Bela Vingança”)
David Fincher (“Mank”)
Chloé Zhao (“Nomadland”)
Regina King (“Uma Noite em Miami”)
Aaron Sorkin (“Os 7 de Chicago”)

Melhor Ator – Drama
Riz Ahmed (“Sound of Metal”)
Chadwick Boseman (“A Voz Suprema do Blues”)
Anthony Hopkins (“Meu Pai”)
Gary Oldman (“Mank”)
Tahar Rahim (“The Mauritanian”)

Melhor Atriz – Drama
Viola Davis (“A Voz Suprema do Blues”)
Andra Day (“Estados Unidos Vs Billie Holiday”)
Vanessa Kirby (“Pieces of a Woman”)
Frances McDormand (“Nomadland”)
Carey Mulligan (“Bela Vingança”)

Melhor Ator – Comédia ou Musical
Sacha Baron Cohen (“Borat: Fita de Cinema Seguinte”)
James Corden (“A Festa de Formatura”)
Lin-Manuel Miranda (“Hamilton”)
Dev Patel (“A História Pessoal de David Copperfield”)
Andy Samberg (“Palm Springs”)

Melhor Atriz – Comédia ou Musical
Maria Bakalova (“Borat: Fita de Cinema Seguinte”)
Kate Hudson (“Music”)
Michelle Pfeiffer (“French Exit”)
Rosamund Pike (“I Care A Lot”)
Anya Taylor-Joy (“Emma”)

Melhor Ator Coadjuvante
Sacha Baron Cohen (“Os 7 de Chicago”)
Daniel Kaluuya (“Judas e o Messias Negra”)
Jared Leto (“Os Pequenos Vestígios”)
Bill Murray (“On the Rocks”)
Leslie Odom, Jr. (“Uma Noite em Miami”)

Melhor Atriz Coadjuvante
Glenn Close (“Era uma Vez um Sonho”)
Olivia Colman (“Meu Pai”)
Jodie Foster (“The Mauritanian”)
Amanda Seyfried (“Mank”)
Helena Zengel (“Relatos do Mundo”)

Melhor Roteiro
Emerald Fennell (“Bela Vingança”)
Jack Fincher (“Mank”)
Aaron Sorkin (“Os 7 de Chicago”)
Christopher Hampton, Florian Zeller (“Meu Pai”)
Chloé Zhao (“Nomadland”)

Melhor Trilha Original
Alexandre Desplat (“O Céu da Meia-Noite”)
Ludwig Göransson (“Tenet”)
James Newton Howard (“Relatos do Mundo”)
Trent Reznor, Atticus Ross (“Mank”)
Trent Reznor, Atticus Ross, Jon Batiste (“Soul”)

Melhor Canção Original
“Fight for You” (de “Judas e o Messias Negro”) – H.E.R., Dernst Emile II, Tiara Thomas
“Hear My Voice” (de “Os 7 de Chicago”) – Daniel Pemberton, Celeste
“Io Si (Seen)” (de “Rosa e Momo”) – Diane Warren, Laura Pausini, Niccolò Agliardi
“Speak Now” (de “Uma Noite em Miami”) – Leslie Odom Jr, Sam Ashworth
“Tigress & Tweed” (de “Estados Unidos Vs Billie Holiday” – Andra Day, Raphael Saadiq

Melhor Animação
“Os Croods 2: Uma Nova Era”
“Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica”
“A Caminho da Lua”
“Soul”
“Wolfwalkers”

Melhor Filme de Língua Estrangeira
“Another Round” (Dinamarca)
“La Llorona” (Guatemala)
“Rosa e Momo” (Itália)
“Minari – Em Busca da Felicidade” (EUA)
“Nós Duas” (França)

TELEVISÃO

Melhor Série – Drama
“The Crown”
“Lovecraft Country”
“The Mandalorian”
“Ozark”
“Ratched”

Melhor Série – Comédia ou Musical
“Emily in Paris”
“The Flight Attendant”
“Schitt’s Creek”
“The Great”
“Ted Lasso”

Melhor Minissérie ou Telefilme
“Normal People”
“O Gambito da Rainha”
“Small Axe”
“The Undoing”
“Nada Ortodoxa”

Melhor Ator – Drama
Jason Bateman (“Ozark”)
Josh O’Connor (“The Crown”)
Bob Odenkirk (“Better Call Saul”)
Al Pacino (“Hunters”)
Matthew Rhys (“Perry Mason”)

Melhor Atriz – Drama
Olivia Colman (“The Crown”)
Jodie Comer (“Killing Eve”)
Emma Corrin (“The Crown”)
Laura Linney (“Ozark”)
Sarah Paulson (“Ratched”)

Melhor Ator – Comédia
Don Cheadle (“Black Monday”)
Nicholas Hoult (“The Great”)
Eugene Levy (“Schitt’s Creek”)
Jason Sudeikis (“Ted Lasso”)
Ramy Youssef (“Ramy”)

Melhor Atriz – Comédia
Lily Collins (“Emily in Paris”)
Kaley Cuoco (“The Flight Attendant”)
Elle Fanning (“The Great”)
Jane Levy (“Zoey e a Sua Fantástica Playlist”)
Catherine O’Hara (“Schitt’s Creek”)

Melhor Ator – Minissérie ou Telefilme
Bryan Cranston (“Your Honor”)
Jeff Daniels (“The Comey Rule”)
Hugh Grant (“The Undoing”)
Ethan Hawke (“The Good Lord Bird”)
Mark Ruffalo (“I Know This Much Is True”)

Melhor Atriz – Minissérie ou Telefilme
Cate Blanchett (“Mrs. America”)
Shira Haas (“Nada Ortodoxa”)
Nicole Kidman (“The Undoing”)
Anya Taylor-Joy (“O Gambito da Rainha”)
Daisy Edgar-Jones (“Normal People”)

Melhor Ator Coadjuvante – Minissérie ou Telefilme
John Boyega (“Small Axe”)
Brendan Gleeson (“The Comey Rule”)
Dan Levy (“Schitt’s Creek”)
Jim Parsons (“Hollywood”)
Donald Sutherland (“The Undoing”)

Melhor Atriz Coadjuvante – Minissérie ou Telefilme
Gillian Anderson (“The Crown”)
Helena Bonham Carter (“The Crown”)
Julia Garner (“Ozark”)
Annie Murphy (“Schitt’s Creek”)
Cynthia Nixon (“Ratched”)