Divulgação/BBC

Jodie Whittaker estaria de saída da série Doctor Who

O jornal Daily Mirror publicou no domingo (4/1) que Jodie Whittaker está de saída da série “Doctor Who”. A informação foi apurada pelo jornalista bem conectado Nicola Methven e estaria sendo mantida em segredo durante as gravações da 13ª temporada.

Procurada por outros veículos de comunicação, a BBC, que produz a série, recusou-se a comentar a reportagem. Um porta-voz da rede britânica disse: “Não comentaremos sobre qualquer especulação sobre o futuro de Jodie no programa”.

The Mirror citou uma fonte da produção de “Doctor Who” que teria dito: “É tudo muito secreto, mas já sabe no set que Jodie está partindo e eles estão se preparando para uma regeneração. A partida dela é ultrassecreta, mas em algum momento nos próximos meses a chegada do 14º Doutor precisará ser gravada”.

Vale lembrar que rumores sobre a saída da atriz começaram a circular desde o final da 1ª temporada. Ela tem um filho pequeno e não estaria disposta a passar muito tempo longe do menino, o que é forçada a fazer com as gravações da série.

Se ela realmente sair da Tardis na 13ª temporada, manterá a média de seus antecessores, que geralmente ficam por três anos antes de seguirem para outros projetos.

Whittaker fez história quando se tornou a primeira intérprete feminina do Doutor em 2017. Ela substituiu Peter Capaldi, que estrelou “Doctor Who” por quatro temporadas. Os demais antecessores recentes (desde o reboot de 2005) foram Matt Smith (três temporadas), David Tennant (três temporadas) e Christopher Eccleston (uma temporada).