Divulgação/Disney

Mark Hamill brinca após The Mandalorian: “Algo bom na TV?”

Mark Hamill usou o Twitter na sexta-feira (18/12) para perguntar, brincando com os fãs de “Star Wars”: “Têm visto algo bom na TV ultimamente?”.

Quem acompanha a série “The Mandalorian” sabe do que ele está falando. Mas é spoiler para quem ainda não assistiu ao capítulo final da 2ª temporada.

O desfecho da história de Grogu, também conhecido como “a criança” e “Baby Yoda”, aconteceu com participação de ninguém menos que Luke Skywalker, interpretado pelo próprio Hamill.

O personagem clássico de “Star Wars” chega no último minuto e, como um exército de um homem só, demonstra todo seu poder de mestre jedi para derrotar um pelotão de “dark troopers”, espécie de exterminadores do futuro da franquia. É exatamente como os fãs esperavam ver Luke na nova trilogia.

Fãs da saga, que não se conformam com o destino dado ao personagem nos filmes recentes, devem ter vibrado. Até Hamill aprovou, após confessar não ter concordado com os rumos de seu mestre jedi no segundo longa da nova trilogia. “Não é meu Luke Skywalker”, ele chegou famosamente a dizer.

Como “The Mandalorian” se passa anos antes da história vista mais recentemente, quando Luke se revela a Din Djarin (o mandaloriano interpretado por Pedro Pascal), ele ainda tem a aparência jovem que Hamill tinha nos anos 1980. O ator foi rejuvenescido digitalmente para participar da série, surgindo com o visual da época de “O Retorno de Jedi” (1983). Como o seu, o meu e o dele Luke Skywalker.

E não aparece sozinho. Seu fiel companheiro R2-D2 também faz uma participação especial no episódio.

Outro detalhe reminiscente da trilogia original ficou para a cena pós-crédito, em que Boba Fett (vivido por Temuera Morrison), retorna a Tatooine para se vingar dos criminosos remanescentes do bando de Jabba the Hut e reivindicar o palácio de seu antigo empregador. Esta história vai continuar num spin-off, “The Book of Boba Fett” (O Livro de Boba Fett), anunciado para dezembro de 2021.

Vale observar ainda que, com o desfecho da temporada, “The Mandalorian” pode ter se despedido de seu maior trunfo, o “Baby Yoda”, que vendeu inúmeros brinquedos e produtos da Disney. Mas deixa o gancho de uma 3ª temporada focada no destino do planeta Mandalor, com um conflito pendente e inevitável entre Din Djarin e Bo-Katan Kryze (Katee Sackhoff).