Divulgação/Condé Nast

Harry Styles se torna primeiro homem a ilustrar sozinho a capa da Vogue

O cantor e ator Harry Styles (“Dunkirk”) se tornou o primeiro homem a aparecer sozinho numa capa da famosa revista de moda americana Vogue.

A publicação da editora Condé Nast existe há 127 anos e só tinha estampado homens em suas capas 10 vezes, mas nunca sem uma companhia feminina a seu lado.

Na reportagem de capa da edição de dezembro, Styles, que é retratado vestindo uma jaqueta e vestido da Gucci, compartilhou suas ideias sobre crescimento pessoal, tanto na música e na moda quanto em sua consciência cultural.

“Eu acho que, com a música, é muito importante evoluir – e isso se estende a roupas e vídeos e tudo mais”, disse ele. “É por isso que você olha para trás, para David Bowie com Ziggy Stardust ou os Beatles e suas diferentes épocas – esse destemor é superinspirador.”

Ele também abordou o fato de posar com saias para as fotos da Vogue. “As roupas existem para se divertir, experimentar e brincar. O que é realmente empolgante é que todas essas linhas estão se desintegrando. Quando você apaga a noção de que ‘há roupas para homens e há roupas para mulheres’, quando remove quaisquer barreiras, obviamente você abre uma arena em que pode se jogar ”.

O segundo álbum solo de Styles, “Fine Line”, lançado em dezembro de 2019, rendeu três singles de sucesso, “Adore You”, “Watermelon Sugar” e “Golden”, mas a falta de possibilidade de fazer turnês durante a pandemia de coronavírus acabou empurrando o cantor para o cinema. Ele está atualmente filmando o thriller “Don’t Worry Darling”, de Olivia Wilde (“Fora de Série”), ao lado de Florence Pugh (indicada ao Oscar por “Adoráveis Mulheres”) e Chris Pine (“Mulher-Maravilha”).

Veja a capa histórica da Vogue abaixo.