Divulgação/Netflix

Gillian Anderson só entrou em The Crown após traçar limites com o namorado – que é criador da série

Em entrevista para a revista Harper’s Bazaar, a atriz Gillian Anderson contou que só aceitou participar da 4ª temporada de “The Crown” após uma conversa séria que estabeleceu limites para a convivência com seu parceiro de vida desde 2016, que por acaso é o criador da série de sucesso, Peter Morgan.

“Para nossa própria sanidade e, na verdade, para o benefício do relacionamento, estabelecemos limites muito claros”, disse Anderson à publicação, ponderando porque aceitou viver a ex-primeira-ministra britânica Margaret Thatcher na produção da Netflix.

Ela contou que o casal estabeleceu uma regra muito simples. “Não vou comentar sobre o roteiro, mas você não tem permissão para comentar sobre a atuação!”, explicou Anderson.

“Sou muito boa em compartimentar minha vida, ponto final”, ela continuou. “Acho que aprendi isso muito jovem, sendo uma jovem mãe em uma série de TV realmente intensa [‘Arquivo X’], em que eu me alternava entre me dedicar totalmente no set e voltar ao meu trailer, fechar a porta e ser uma mãe. ”

Para Anderson, que é mãe de três filhos – Piper, 26, Oscar, 14, e Felix, 12 – essa regra também se aplica à sua interpretação de Thatcher, que foi apelidada de “A Dama de Ferro” por causa de seu governo duro e muitas vezes impopular.

Para viver a personagem, Anderson disse que primeiro teve que deixar suas próprias opiniões pessoais sobre Thatcher de lado para encontrar um ponto em comum, exatamente como uma mãe. O resultado, diz Anderson, é que seu retrato reflete “ela como um ser humano” e apresenta suas motivações “como política e como mãe”.

Ela diz que, na vida real, é o oposto de Thatcher e se abstém de fazer comentários políticos em seu dia-a-dia, inclusive nas redes sociais, porque não se vê nesse papel. “Sou uma atriz, não sou uma política, não sou uma assistente social.”

Além de Gillian Anderson (“Arquivo X”) como Thatcher, a 4ª temporada destaca Emma Corrin (“Pennyworth”) no papel da princesa Diana e reúne pela última vez Olivia Colman (“A Favorita”) como a rainha Elizabeth IIª, Helena Bonham Carter (“Oito Mulheres e um Segredo”) no papel da Princesa Margaret, Tobias Menzies (“Outlander”) como o príncipe Philip, Josh O’Connor (“Emma.”) como o príncipe Charles e Emerald Fennell (“Call the Midwife”) na pele de Camilla Parker-Bowles, antes de uma terceira troca de elenco, prevista para encerrar a série em mais dois anos de produção.

A estreia dos novos episódios está marcada para o próximo domingo, dia 15 de novembro.