Divulgação/Lucasfilm

Felicity Jones confirma ter contrato para voltar a viver Jyn Erso, de Rogue One

Protagonista de “Rogue One – Uma História Star Wars”, a atriz inglesa Felicity Jones revelou que pode retornar em algum momento à franquia da Lucasfilm.

Em entrevista ao site da revista The Hollywood Reporter, a atriz confirmou que tem contrato para aparecer em pelo menos mais um filme, apesar do destino fatal de sua personagem, Jyn Erso, que se sacrificou ao lado de sua equipe para salvar a Aliança Rebelde.

“Eu sempre digo que a reencarnação é totalmente possível no universo ‘Star Wars’”, brincou Jones, antes de assumir, seriamente, que acredita “que existem assuntos não encerrados para Jyn, com certeza”.

Sobre uma possível trama para o futuro da personagem, a atriz pondera que vê com mais facilidade uma continuação que um prólogo. “Acho que seria fascinante vê-la envelhecer, se tornar mais sábia e lutar contra as forças sombrias, que aparentemente são várias”.

Para justificar essa reviravolta, o próprio THR afirma que o destino de Jyn Erso não é “totalmente claro”, já que envolto numa explosão.

De todo modo, o personagem que morreu a seu lado, Cassian Andor, vai ganhar uma série da plataforma Disney+, com Diego Luna repetindo o papel visto em “Rogue One”. Ainda sem título, esta série será um prólogo, passado antes da missão suicida.

Em desenvolvimento desde 2018, a atração é escrita e produzida por Tony Gilroy, um dos roteiristas de “Rogue One”, e será a segunda série do universo “Star Wars” na plataforma de streaming Disney+, que já conta com “The Mandalorian”.

A previsão original da Disney era para uma estreia em 2021, mas não há confirmação sobre a manutenção deste cronograma diante da paralisação do setor audiovisual pela pandemia do novo coronavírus.