Instagram/Eddie Hassell

Eddie Hassell (1990 – 2020)

O ator Eddie Hassell , que apareceu no filme indicado ao Oscar “Minhas Mães e Meu Pai” (2010) e na série de ficção científica oceânica “Surface” (2005), morreu neste domingo (1/11) no Texas, seu estado natal, aos 30 anos.

Hassell foi baleado pela manhã no que está sendo descrito pela imprensa americana como um roubo de carro, embora o incidente ainda esteja sendo investigado. Nenhum detalhe adicional foi fornecido.

Em “Minhas Mães e Meu Pai, ele interpretou Clay, o melhor amigo do personagem de Josh Hutcherson, filho das mães e do pai do título. Em “Surface”, viveu Phil Nance, também um melhor amigo do protagonista (Carter Jenkins).

Ele também teve um papel recorrente na comédia “Devious Maids”, criada por Marc Cherry, como Eddie Suarez, filho de Marisol, personagem de Ana Ortiz. A série, que durou quatro temporadas, seguia quatro empregadas latinas trabalhando em Beverly Hills.

Entre seus outros créditos em programas de destaque incluem-se participações em “Studio 60 na Sunset Strip”, “Southland”, “‘Til Death”, “Longmire” e “Bones”.

Já a primeira aparição no cinema aconteceu na sci-fi apocalíptica “2012” (2009), numa pequena figuração como surfista. Nem chegou a ser atuação, porque ele era realmente praticante de surfe. Depois disso, fez seu papel mais lembrado, em “Minhas Mães e Meu Pai”, e seguiu com pequenas participações nas comédias “Uma Família Nada Comum” (2011), “Final de Semana em Família” (2013) e a cinebiografia “Jobs” (2013).

Mas seus últimos papéis já tem três anos. Hassell trabalhou em dois filmes independentes bastante premiados em 2017: a comédia “Oh Lucy!”, exibida no Festival de Cannes e premiada em Sundance, e o drama punk “Bomb City”, vencedor de sete festivais regionais de cinema dos EUA.