Instagram/Avatar

Sigourney Weaver teve que aprender a não respirar por 6 minutos para filmar Avatar 2

Sigourney Weaver revelou, em entrevista ao New York Times Magazine, que passou por um treinamento marinho rigoroso e aprendeu a prender a respiração por seis minutos para filmar as cenas subaquáticas de “Avatar 2”.

Com 71 anos, Weaver disse que ficou “preocupada” quando leu o roteiro, mas não queria que pensassem que ela era “velha demais” para fazer o filme. “Minha esperança, quando faço algo louco como isso, é que o universo me recompense de maneira igualmente doida. Eu nunca digo para mim mesma: ‘Bom, não posso fazer isso’. Eu sempre penso: ‘Deixe eu tentar! Vamos ver’.”

Ela contou que fez treinamentos no mar do Havaí e na Flórida. “Eu ia até o fundo do mar e me reclinava lá, enquanto arraias passavam por cima de mim tranquilamente”, detalhou.

A atriz também recebeu orientações e treinamento, assim como os outros atores do filme, ministrados por mergulhadores militares de elite.

Uma das coisas que precisou aprender foi não apertar os olhos ou fechar a boca – reações naturais de quem está submerso – durante as filmagens em um gigantesco tanque de água.
Além disso, tinha que atuar com pesos foram amarrados à sua cintura, para que conseguisse se mover mais naturalmente embaixo d’água. E cada cena requeria muitos takes, porque mergulhadores profissionais a levavam de volta à superfície em busca de ar em intervalos curtos e regulares.

“Eu tinha algumas preocupações”, ela ponderou. “Mas é para isso que serve o treinamento. E eu realmente queria fazer isso”.

Recentemente, o diretor James Cameron revelou que já terminou as filmagens de “Avatar 2” e estaria perto de encerrar “Avatar 3”. Os dois filmes estão sendo rodados simultaneamente para economizar as despesas de orçamento e o tempo de produção.

Apesar disso, o trabalho ainda está muito longe de acabar, já que a franquia depende de muitos efeitos visuais, criados na pós-produção.

Não por caso, a Disney adiou o lançamento de “Avatar 2” para dezembro de 2022. Isto permite mais de dois anos para aperfeiçoar o visual, com um hiato de mais um par de anos até o lançamento de “Avatar 3”, em dezembro de 2024.