Divulgação/Lucasfilm

Série derivada de Rogue One terá diretor premiado de Black Mirror

O diretor britânico Toby Haynes, que assinou o episódio de “Black Mirror” vencedor do Emmy, “USS Callister”, foi contratado para comandar a nova série do universo “Star Wars” derivada do filme “Rogue One” (2016).

Haynes também foi premiado por dirigir episódios de “Sherlock” e “Doctor Who”, e ainda está à frente da vindoura série da Amazon “Utopia”.

Ainda sem título oficial, a série será centrada no personagem Cassian Andor, vivido por Diego Luna, e seu elenco inclui Adria Arjona (“Esquadrão 6”), Stellan Skarsgard (vencedor do Globo de Ouro por “Chernobyl”), Kyle Soller (da série “Poldark”), Denise Gough (“Colette”) e mais dois integrantes de “Rogue One”, Genevive O’Reilly como Mon Mothma e Alan Tudyk como a voz do robô K-2SO.

Em desenvolvimento desde 2018, a série é escrita e produzida por Tony Gilroy, um dos roteiristas de “Rogue One”, e será a segunda atração do universo “Star Wars” na plataforma de streaming Disney+, que já conta com “The Mandalorian”.

A série mostrará a formação da Aliança Rebelde antes dos eventos apresentados em “Rogue One”, localizando sua trama depois de “Star Wars: A Vingança dos Sith” (2005).

A previsão original da Disney era para uma estreia em 2021, mas não há confirmação sobre a manutenção deste cronograma diante da paralisação do setor audiovisual pela pandemia do novo coronavírus.

As gravações devem começar nas próximas semanas no Reino Unido.