Divulgação/Paramount

As Patricinhas de Beverly Hills vai virar série de mistério

A plataforma de streaming Peacock encomendou uma série derivada do filme “As Patricinhas de Beverly Hills” (Clueless), grande sucesso adolescente dos anos 1990. Mas, entre outros detalhes, a série vai ignorar a passagem do tempo.

A nova versão vai se passar nos tempos atuais e será focada em Dionne. No filme, ela é a melhor amiga da personagem principal, Cher. E tem uma curiosidade. Dionne foi vivida por Stacey Dash tanto no filme de 1995 quanto na série lançada no ano seguinte, que teve três temporadas.

Ainda sem título, a nova atração será, portanto, a segunda série inspirada no longa da cineasta Amy Heckerling, que consagrou a atriz Alicia Silverstone como Cher, além de ter lançado as carreiras cinematográficas da precocemente falecida Brittany Murphy e de Paul Rudd, agora astro da Marvel.

Mas, ao contrário da primeira série, que tinha o mesmo nome do filme, a produção atual terá uma trama de mistério, que indaga “o que acontece quando a rainha Cher desaparece e sua amiga Dionne preenche seu lugar”.

Segundo a sinopse, a série propõe um questionamento: “Como Dionne lida com as pressões de ser a nova menina mais popular da escola, enquanto desembaraça o mistério do que aconteceu com sua melhor amiga?”

Outra diferença em relação às produções anteriores é que Amy Heckerling, roteirista e diretora do filme original, além de criadora da série que o seguiu, não está envolvida no novo projeto.

Os roteiristas deste mistério teen são Jordan Reddout e Gus Hickey (de “Will & Grace”) e a equipe da série também conta com a produtora executiva Corinne Brinkerhoff (“Jane the Virgin”).