Fabiana Carla e Leandro Hassum reclamam de piada gordofóbica do Porta dos Fundos

Um vídeo produzido pelo canal de humor Porta dos Fundos, supostamente para divertir, acabou sendo criticado por gordofobia.

Intitulado “Teste de Covid”, o vídeo ridiculariza um homem gordo e insinua que ele não pegou o novo coronavírus por ter um “corpo podre”. Vários ativistas mostraram indignação com o esquete, entre eles a atriz e apresentadora Fabiana Carla e o humorista Leandro Hassum.

A apresentadora do “Se Joga” publicou um post com vídeo no Instagram, em que diz que o conteúdo é um desserviço em tempos tão delicados. “Eu fico perplexa com a ignorância de ainda associarem um corpo gordo a doença e a desleixo. Aí você me fala ‘ Obesidade é doença’ e eu te digo ‘É!’. Mas que tipo de pessoa, então, ri de doente? Com problemas cardíacos, câncer… É isso que chamam de arte? Eu nunca fiz apologia à gordura e nunca farei. Eu sou adepta do movimento corpo livre, body positive e do bem estar e da saúde”, reclamou.

“É irresponsável. Essas pessoas que escrevem piadas gordofóbicas são as mesmas que falam em empatia na internet e sobem hashtags nas redes sociais, mas escorregam em algo que pode afetar seriamente o psicológico de muita gente”, concluiu Fabiana, que pediu desculpas aos colegas do Porta dos Fundos pela crítica pública. Mesmo assim, ela disse que não poderia se calar porque eles não pensaram nela ou outras pessoas com obesidade quando produziram o vídeo gordofóbico.

E ainda apelou: “Retirem o vídeo! Já causaram dor através de milhares de compartilhamentos. Mas ainda dá tempo de exercitar a empatia que vocês tanto pregam na internet. E a todos os atingidos pelo vídeo, não se esqueçam, vocês são maravilhosos. Esqueçam isso e entrem todos pela porta da frente, porque vocês são protagonistas”, finaliza.

Leandro Hassum também usou seu Instagram para reclamar. Ele compartilhou uma montagem de seu corpo antes e depois de emagrecer e disse que quem é obeso merece respeito. “Esse corpo da esquerda nunca foi podre. Nem o outro. Possuo, assim como muitos brasileiros, uma doença crônica chamada obesidade e me trato. Não é fácil. Você que também sofre dessa doença merece respeito”, desabafou.

Atendendo a pedidos, o vídeo saiu do portal durante a segunda-feira (8/6), mas acabou replicado em outras páginas do YouTube.

Ver essa foto no Instagram

Esse post é um desabafo! É muito difícil se posicionar e eu sempre acreditei que o bullying nunca me atingiu, mas com o passar do tempo, eu fui entender que isso não significa que ele não existiu por perto….E agora ele se apresenta pra mim disfarçado de ARTE. Eu defendo tantas causas, sou parceira de tanta gente, então nessa hora, no meu lugar de fala, eu não posso calar. Chega de empatia seletiva. Todos somos pessoas e merecemos RESPEITO.Desta vez não dá pra só SER, precisei falar, agir, desabafar, mas não é um ataque, é realmente um desabafo. Estou à disposição pra aprendermos juntos, mas preciso estar a serviço e como esse é meu lugar de fala, aqui estou eu. #naoagordofobia

Uma publicação compartilhada por Fabiana Karla ✨ (@fabianakarlareal) em

Ver essa foto no Instagram

Esse corpo da esquerda nunca foi podre. Nem o outro. Possuo ,assim como muitos Brasileiros uma doença crônica chamada Obesidade e me trato. Não é fácil. Vc que tb sofre dessa doença merece respeito. Estou sempre do lado da boa piada, até piada de gordo. Fiz muitas e ainda faço. Porém chamar um gordo de “corpo podre” nesse momento ,que se fala em igualdade e espalhar o bem é um desserviço.Poderia colocar aqui vários ##### mas não farei. Só gostaria de dizer que uma piada não pode ficar acima de um balde de lágrimas. Só se forem lágrimas de alegria. Um abraço respeitoso e carinhoso para meus colegas que reconheço o talento e qualidade mas…erraram na mão. De coração amo vcs mesmo… morro de rir. Vocês merecem todo sucesso que tem. São batalhadores ,inteligentes e atuais. Por isso me espantou um piada tão velha. ❤️❤️❤️

Uma publicação compartilhada por Leandro Hassum (@leandrohassum) em