Ator de Blue Bloods sai de coma após perder a perna por covid-19

O ator Nick Cordero acordou após passar mais de um mês em coma. O astro da Broadway estava sedado num UTI de Nova York desde 1ª de abril e, devido a complicações da covid-19, precisou amputar uma perna para sobreviver ao ataque agressivo do novo coronavírus

Sua esposa, Amanda Kloots, compartilhou a informação num Stories de seu Instagram, dizendo que Nick está acordado e consciente. “Caras, talvez a gente tenha que mudar nossa hashtag. Nick está acordado!”, disse a personal trainer, referindo-se a hashtag #wakeupnick (acordeNick), que ela usou em suas mensagens anteriores.

Ela revelou que o ator mal consegue abrir os olhos porque está “muito, muito fraco” por combater o coronavírus, mas garantiu que a reação dele representa “ótimas notícias”, segundo os médicos.

Kloots tem mantido os amigos da família e seguidores do Instagram atualizados sobre a saúde de Cordero durante toda a sua hospitalização. Em alguns momentos, ela chegou a se desesperar, achando que ele jamais se recuperaria.

Em 18 de abril, ela compartilhou a notícia de que seu marido precisaria amputar a perna direita, devido à problemas de circulação de sangue. O tratamento com anticoagulantes para evitar a perda do membro causou problemas, como aumento de pressão arterial e sangramento interno no intestino, e foi preciso fazer uma escolha.

Isto aconteceu uma semana depois do ator desenvolver uma segunda infecção pulmonar e morrer por alguns minutos, precisando ser ressuscitado e passar por uma cirurgia de emergência. “Eles tiveram muita dificuldade em recuperá-lo”, disse Kloots na época.

Cordero já foi indicado ao Tony (o Oscar do teatro) e trabalhou no filme “Despedida em Grande Estilo” e nas séries “Blue Bloods” e “Law & Order: SVU”.