Todxs Nós: HBO estreia primeira série com personagem não binário da TV brasileira



A HBO estreia neste domingo (22/3) “Todxs Nós”, série nacional que tem como gancho a questão da identidade de gênero e apresenta o primeiro personagem não binário da TV brasileira.

Criada pelos cineastas Vera Egito (“Amores Urbanos”), Daniel Ribeiro (“Hoje Eu Quero Voltar Sozinho”) e Heitor Dhalia (“Tungstênio”), “Todxs Nós” é bastante didática ao abordar o não-binarismo, também conhecido como gênero neutro, mas não se resume a isso. Em tom francamente engajado, também discute feminismo e igualdade racial em seus oito episódios de 30 minutos, que acompanham o cotidiano dos personagens vividos por Clara Gallo (“Mãe Só Há Uma”), Kelner Macêdo (“Corpo Elétrico”) e Julianna Gerais (do vindouro “Selvagem”).

Clara vive Rafa, jovem de 18 anos, pansexual e não-binário que decide deixar a família no interior de São Paulo e mudar-se para a casa de seu primo gay, Vini (Kelner Macêdo), na capital. Vini, que já divide o espaço com Maia (Julianna Gerais), fica surpreso ao descobrir que Rafa se identifica com o pronome neutro e não com o gênero feminino ou masculino. Enquanto isso, uma denúncia de assédio acontece no ambiente de trabalho de Maia.

A série foi realizada com recursos próprios da HBO Latin America – em outras palavras, sem apoio do governo.



Veja o trailer oficial abaixo e também um vídeo em que os temas propostos pelos roteiros são apresentados.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings