Pânico vai voltar aos cinemas com os diretores de Ready or Not

A franquia de terror “Pânico” (Scream) vai voltar aos cinemas num reboot dirigido por Matthew Bettinelli-Olpin e Tyler Gillett, responsáveis pelo cultuado “Ready or Not”, que no Brasil foi lançado diretamente em VOD.

A produtora Spyglass Media está por trás do projeto. A empresa foi formada há um ano pelo ex-diretor da MGM Gary Barber e os dois co-presidentes da Lantern Entertainment, Andy Mitchell e Milos Brajovic. A Lantern ficou com os direitos da franquia ao assumir o controle dos ativos de cinema e TV da antiga The Weinstein Company, durante a falência do estúdio em 2018.

Escrito por Kevin Williamson (“The Vampire Diaries”) e dirigido por Wes Craven (“A Hora do Pesadelo”), o filme original de 1996 revolucionou e rejuvenesceu o cinema de horror ao realizar uma abordagem geek do gênero, com humor cínico, metalinguagem e fazer várias citações, sem abrir mão das matanças, da tensão, do suspense e das reviravoltas. Fez tanto sucesso que ganhou três sequências e uma série de televisão.

Os detalhes do retorno da franquia são escassos. Não está claro se a nova produção erá um reboot, um remake ou uma continuação da história da sobrevivente Sidney Prescott (Neve Campbell), como todas as sequências anteriores no cinema.

O filme “Ready or Not” também misturou horror e comédia com grande sucesso entre a crítica e o público, arrecadando impressionantes US$ 57 milhões nas bilheterias com um orçamento de apenas US$ 6 milhões. No Brasil, ele saiu diretamente para locação digital e chegou a ter seu título traduzido em algumas plataformas – mas não todas – como “Casamento Sangrento”.

Matthew Bettinelli-Olpin e Tyler Gillett fazem parte de um coletivo de autores, chamado de Radio Silence, que ainda assina a popular antologia de horror “V/H/S”.

O quinto “Pânico” ainda não tem previsão de estreia.