Consultor médico do filme Contágio testa positivo para covid-9

O médico infectologista Ian Lipkin, que foi consultor do filme “Contágio”, produção de 2011 que antecipou a pandemia do novo coronavírus, confirmou ter contraído covid-19. Lipkin, que é também diretor do Centro de Infecções e Imunidade da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, afirmou à emissora Fox Business que tem se sentido “miserável” com as consequências da doença, confirmada em teste feito na segunda-feira (23/3).

Ele alertou ainda para o alto risco de contaminação da doença, dizendo que se um médico especialista como ele pode ser infectado, “qualquer um pode ser”. E disse que essas pesquisas em busca de vacina e cura estão apenas no começo.

Durante a produção de “Contágio”, Lipkin trabalhou com o diretor Steven Soderbergh e com elenco para reproduzir com precisão os sintomas, efeitos e velocidade da contaminação de uma pandemia fictícia, mas muito similar à atual.

Por causa dessas semelhanças, “Contágio” se um dos filmes mais procurados nas plataformas digitais nas últimas semanas.

Estrelado por um superelenco, que inclui Matt Damon, Gwyneth Paltrow, Kate Winslet, Marion Cotillard, Laurence Fishburne, Jennifer Ehle e Jude Law, o longa está disponível na maioria das plataformas de locação digital.