Porta dos Fundos volta a satirizar Jesus em resposta a ataques religiosos

O Porta dos Fundos resolveu partir pra guerra, ao dedicar um vídeo de sua página no YouTube à polêmica que cerca seu novo Especial de Natal na Netflix, “A Primeira Tentação de Cristo”. Alvo de processos, pedidos de indenização e campanhas de boicote por parte de instituições religiosas, bispos, pastores e políticos conservadores por retratarem Jesus Cristo como gay, os humoristas resolveram satirizar ainda mais a situação.

No esquete intitulado “Inritado”, o Jesus interpretado por Gregório Duvivier aparece para um padre para se queixar sobre o especial de Natal. “Por que você está chorando, Jesus?”, pergunta o religioso, vivido por Fábio de Luca. “Aconteceu de novo. Eles ficaram me zoando”, diz Jesus. “Os meninos do Porta dos Fundos”.

Escrito por Fábio Porchat, o esquete de 3 minutos mostra Jesus se comportando como uma criança mimada. Mesmo quando o padre “joga uma indireta” dizendo que há coisas mais importantes para resolver, como guerras e fome na África, Jesus insiste que proibir piada é sua prioridade.

Trata-se de uma resposta às criticas que o Porta dos Fundos têm sofrido de religiosos e grupos conservadores. Além disso, o vídeo aproveita e embute uma crítica à hipocrisia religiosa, evocando comportamentos que lembram os escândalos de pedofilia da Igreja.