Netflix revela que 26 milhões de assinantes já viram O Irlandês

A Netflix anunciou nesta terça-feira (10/12) que “O Irlandês”, longa de Martin Scorsese produzido pela plataforma, foi visto por 26 milhões de assinantes em todo o mundo, durante sua primeira semana em streaming. O resultado foi celebrado como sucesso nas redes sociais, como se pode ver pelo tuíte abaixo.

A audiência foi anunciada pelo chefe de conteúdo da empresa, Ted Sarandos, em uma conferência para investidores. Sarandos ainda disse que espera que o número chegue a 40 milhões em 28 dias.

A empresa não costuma divulgar muitos dados e, quando decide revelar números, eles são sempre positivos. Mas já é possível comparar desempenhos entre os resultados alardeados. Por exemplo, anteriormente a plataforma afirmou que “Bird Box” teve recorde de exibições semanais, visto por 45 milhões de assinantes em sete dias.

Os números de “O Irlandês” equivalem a 16% de todos os assinantes mundiais do serviço. E respaldam um levantamento independente da empresa Nielsen, que calculou em 17 milhões o número de assinantes americanos que assistiram a “O Irlandês” em sua primeira semana. Considerando esse número factual, 9 milhões de espectadores assistiram ao filme no mercado internacional.

Orçado em cerca de US$ 160 milhões, de acordo com apurações da imprensa americana, o filme de 3h30 foi muito mais um investimento em prestígio do que num produto que atraísse muito público para a Netflix. Mas prestígio gera curiosidade, que vira audiência.

“O Irlandês” tem se destacado como Melhor Filme do ano em várias listas estaduais da crítica americana e foi indicado a cinco categorias no Globo de Ouro 2020, incluindo a principal. O longa de Martin Scorsese também deve aparecer como um dos indicados ao Oscar 2020.