Dwayne Johnson revela data de estreia de Adão Negro

O ator Dwayne “The Rock” Johnson (“Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw”) divulgou em seu Instagram a data de estreia de “Adão Negro”, filme derivado de “Shazam!” que ele vai estrelar. O longa do universo dos quadrinhos da DC Comics chegará aos cinemas norte-americanos em 22 de dezembro de 2021.

A data coloca o filme em disputa direta de bilheteria com “Avatar 2”, previsto para 17 de dezembro de 2021.

“Como a maioria das crianças, eu sonhava em ser um super-herói. Ter superpoderes legais, lutar pelo que é certo e sempre proteger as pessoas. Tudo mudou para mim quando eu tinha 10 anos e foi apresentado pela primeira vez ao maior super-herói de todos os tempos, o Superman. Quando criança, Superman era o herói que eu sempre quis ser”, Johnson escreveu, ao lado uma foto do personagem na rede social.

“No entanto, depois de alguns anos de minha fantasia, percebi que o Superman era o herói que eu nunca poderia ser. Eu era muito rebelde. Muito indisciplinado. Muito resistente a convenções e autoridade. Apesar dos meus problemas, eu ainda era um bom garoto de bom coração – só que gostava de fazer as coisas do meu jeito”, continuou.

“Agora, anos depois, como homem, com o mesmo DNA que eu tinha quando criança, meus sonhos de super-herói se tornaram realidade. Tenho a honra de me juntar ao emblemático Universo DC, e é um verdadeiro prazer me tornar o Adão Negro”, acrescentou.

“Adão Negro é abençoado pela magia com poderes similares ao do Superman, mas a diferença é que ele não anda na linha. Ele é um rebelde, um super-herói gentil, que sempre faz o que é certo para as pessoas – mas ele faz do seu jeito. Verdade e justiça: ao jeito do Adão Negro”.

Ele ainda disse que o personagem “é diferente de qualquer outro que eu já interpretei na minha carreira”. “Sou grato por todos nós irmos juntos nessa jornada”, concluiu.

Criado em 1945 pelo roteirista Otto Binder (que também criou Supergirl e a Legião dos Super-Heróis) e pelo ilustrador C.C. Beck (criador do Capitão Marvel/Shazam), Adam Negro era originalmente Teth-Adam, filho do faraó Ramsés II e um dos primeiros detentores dos poderes do mago Shazam, na época do Egito Antigo. Porém, ele se deixou seduzir pelo poder e foi exilado. E só retornaria como vilão nos dias atuais (na verdade, nos anos 1940) para enfrentar o Capitão Marvel (hoje, rebatizado de Shazam por razões óbvias), o novo campeão do mago Shazam.

Johnson ficou fascinado, como todos os leitores de quadrinhos, pela versão do personagem escrita por Geoff Johns, Grant Morrison, Greg Rucka e Mark Waid na minissérie “52” (2006), como o governante de uma nação africana que sofre conflito existencial, determinado a fazer o bem, enquanto é manipulado para fazer o mal. Com cenas impactantes e desfecho trágico, essa versão de Adão Negro foi uma das melhores sagas já publicadas nos quadrinhos.

Mas a DC não se cansa de fazer reboots e já mudou novamente a trajetória do personagem, que, de vilão histórico, virou um heróis nas novas publicações em quadrinhos – provavelmente por conta do projeto do filme, que é bastante antigo.

Embora a produção do longa só tenha sido confirmada em julho passado, Johnson já estava comprometido com o papel pelo menos desde 2014.

Ver essa foto no Instagram

The Man in Black ⚡️ Like most kids growing up, I dreamed about being a superhero. Having cool superpowers, fighting for what’s right and always protecting the people. It all changed for me, when I was 10yrs old and was first introduced to the greatest superhero of all time – SUPERMAN. As a kid, Superman was the hero I always wanted to be. But, a few years into my fantasy, I realized that Superman was the hero, I could never be. I was too rebellious. Too rambunctious. Too resistant to convention and authority. Despite my troubles, I was still a good kid with a good heart – I just liked to do things my way. Now, years later as a man, with the same DNA I had as a kid – my superhero dreams have come true. I’m honored to join the iconic #DCUniverse and it’s a true pleasure to become, BLACK ADAM. BLACK ADAM is blessed by magic with the powers equal to SUPERMAN, but the difference is he doesn’t toe the mark or walk the line. He’s a rebellious, one of a kind superhero, who’ll always do what’s right for the people – but he does it his way. Truth and justice – the BLACK ADAM way. This role is unlike any other I’ve ever played in my career and I’m grateful to the bone we’ll all go on this journey together. BLACK ADAM 12.22.21 ⚡️ Huge thank you to my friends, @jimlee and @bosslogic for this first time ever bad ass collaboration.

Uma publicação compartilhada por therock (@therock) em