Helena Bonham Carter pediu benção à falecida Princesa Margaret para estrelar a série The Crown



A atriz Helena Bonham Carter (“Oito Mulheres e um Segredo”) revelou um costume inusitado de sua carreira. “A primeira coisa que faço quando interpreto alguém real é pedir a sua bênção, porque existe uma responsabilidade aí”, ela disse para o jornal The Guardian.

E o que acontece quando essa pessoa já é falecida, como é o caso da Princesa Margaret, que a atriz vai interpretar na 3ª e 4ª temporadas de “The Crown”?

Helena Bonham Carter admitiu que procurou um médium para tentar conversar com a princesa, que morreu em 2002.

“Ela disse, aparentemente, que estava feliz por eu ser a sua intérprete”, contou Bonham Carter.

“Eu perguntei pra ela: ‘Você concorda que eu te interprete’? E ela disse: ‘Você é melhor do que a outra atriz [que estava concorrendo ao papel, cuja identidade não foi revelada pelos produtores da série]'”, continuou. “Isso me fez pensar que talvez ela realmente estivesse ali, porque é uma coisa clássica de Margaret dizer. Ela era muito boa em te elogiar e te colocar pra baixo ao mesmo tempo”, completou.



A atriz conheceu pessoalmente a princesa. Falando com a revista Entertainment Weekly, ela revelou que seu tio era “realmente muito próximo” de Margaret, por isso conversou com ela algumas vezes.

“Ela era bem assustadora”, define Bonham Carter. “A certa altura, ela me encontrou no Castelo de Windsor e disse: ‘Você está melhorando, não está?’”, recordou, presumindo que o comentário da princesa era sobre seu talento como atriz – elogiando-a e derrubando simultaneamente.

Bonham Carter vai substituir Vanessa Kirby, que interpretou Margaret nas duas primeiras temporadas da série e seguiu direto para grandes produções de Hollywood – como “Missão: Impossível – Efeito Fallout” e “Velozes & Furiosos: Hobbs & Shaw”.

Passada nos anos 1970, a 3ª temporada de “The Crown” também trará Olivia Colman (vencedora do Oscar 2019 por “A Favorita”) como Rainha Elizabeth II, substituindo Claire Foy, e Tobias Menzies (série “Outlander”) como o príncipe Philip, no lugar de Matt Smith.

A estreia está marcada para 17 de novembro na Netflix.


Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings