Criadora e atriz de The L Word desenvolvem série LGBTQ+ para canal adolescente da Disney

Ilene Chaiken e Jennifer Beals, respectivamente criadora e estrela da série “The L Word”, juntaram-se num novo projeto LGBTQ+. Desta vez, para adolescentes.

As duas vão produzir o piloto de uma adaptação do aclamado romance “Os Sete Maridos de Evelyn Hugo”, de Taylor Jenkins Reid, para o canal pago da Disney voltado à adolescentes, o Freeform.

A produção dramática é o primeiro projeto do estúdio Fox 21, agora propriedade da Disney, a ganhar encomenda do Freeform.

A história de “Os Sete Maridos de Evelyn Hugo” gira em torno de Monique, uma jornalista de 20 e poucos anos que é escolhida a dedo por Evelyn Hugo, uma estrela icônica da Era de Ouro de Hollywood, para escrever sua biografia. A trama acontece em tempos paralelos, acompanhando as memórias de juventude de Evelyn, em seus desafios de carreira, busca de afirmação racial e sexualidade, e o impacto dessas revelações na vida de Monique, que passa a assumir riscos para descobrir sua verdadeira identidade – que pode ter a ver com a própria estrela de cinema.

O projeto é o segundo romance de Reid atualmente em fase de adaptação para o formato de série. O outro é “Daisy Jones & The Six”, em desenvolvimento para a Amazon com produção da também atriz Reese Witherspoon (“Big Little Lies”).

Para o Freeform, “The Seven Husbands of Evelyn Hugo” (título original) reflete sua nova meta de virar o canal dos “becomers” – telespectadores em vias de se definir em relação ao amor, aos estudos e à profissão. Caso o piloto seja aprovado, a série vai se juntar a “Grown-ish” e “The Bold Type”, que exemplificam o tipo de produção almejada.

As produtoras Ilene Chaiken e Jennifer Beals também estão envolvidas na nova série derivada de “The L Word”, chamada de “The L Word: Generation Q”, em que Beals vai reprisar o papel de Bette Porter, que viveu na série original. Esta série estreia em 8 de dezembro no canal pago americano Showtime.