Série de Obi-Wan Kenobi com Ewan McGregor é oficializada


A Disney confirmou a produção de uma série sobre Obi-Wan Kenobi, herói do universo “Star Wars”, que será novamente interpretado por Ewan McGregor.

O anúncio da produção, que será desenvolvida para a plataforma Disney+ (Disney Plus), foi oficializado durante a D23 Expo, a “Comic Con da Disney”, que acontece até domingo (25/8) em Anaheim, na Califórnia.

Ao apresentar o projeto, a presidente da Lucasfilm, Kathleen Kennedy, revelou: “Nós já temos todos os roteiros escritos e estamos prontos para começar as gravações no ano que vem”.

Ela também convidou o ator Ewan McGregor ao palco e perguntou se ele ia interpretar Obi-Wan Kenobi novamente. “Sim”, ele respondeu, para alegria da plateia presente ao evento.



Obi-Wan Kenobi é uma figura central no mito de “Star Wars”. Ele foi introduzido no filme original de 1977 como um eremita do deserto, cansado da guerra, que logo se mostra um sábio, poderoso guerreiro e um mestre Jedi para o jovem Luke Skywalker, até ser morto por Darth Vader, seu ex-aluno. Alec Guinness interpretou o personagem no longa clássico, ganhando uma indicação ao Oscar.

O personagem voltou ao universo “Star Wars” com papel ainda mais central nos prólogos dirigidos por George Lucas, que contaram a origem de Darth Vader e como ele traiu Kenobi e os Jedis. McGregor viveu o “jovem” Kenobi nos três filmes lançados entre 1999 e 2005.

A produção da série de Kenobi será a terceira atração live-action de “Star Wars” desenvolvida para o serviço de streaming da Disney, que já estão fazendo “The Mandalorian”, uma atração baseada na classe de guerreiros e caçadores de recompensas primeiramente personificada por Boba Fett, e um prólogo de “Rogue One” (2016) sobre o oficial da Aliança Rebelde Cassiano Andor, que trará Diego Luna reprisando o papel.

Nenhum cronograma ou talento criativo ligado ao projeto de Kenobi foi revelado.


Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings