Remake de Brinquedo Assassino é o lançamento mais amplo nos cinemas


O remake do terror “Brinquedo Assassino” é a estreia mais ampla desta quinta-feira (22/8), que traz mais dois filmes para o público dos shopping centers e, para variar, melhores opções em circuito limitado.

O novo Chucky chega ao Brasil mais de dois meses depois de seu lançamento nos Estados Unidos, onde, inclusive, já saiu de cartaz com prejuízo financeiro. Muito diferente do clássico dos anos 1980, a nova versão do boneco é praticamente um robô, com um sistema de inteligência artificial conectado à chamada “internet das coisas”, em vez de um simples brinquedo de plástico possuído pela alma de um serial killer. Com voz de Mark Hamill (o Luke Skywalker de “Star Wars”), ele realmente não é o mesmo Chucky que os fãs lembram, para o bem e para o mal. Sem assustar, ao menos faz rir com elementos de terror trash.

Os shoppings também exibem uma animação chamada de “Os Brinquedos Mágicos”, que, como o título quase confessa, é um “Toy Story” made in China – com todo o estigma antigamente associado aos produtos chineses “inspirados” em originais americanos.

E há “Socorro, Virei uma Garota!”, filme brasileiro de título problemático (porque virar garota é ruim?), roteiro batido de troca mágica de corpos (um “Se Eu Fosse Você” adolescente) e tantos clichês machistas que nem vale a pena enumerar. Mas que também tem Thati Lopes (“Porta dos Fundos: Contrato Vitalício”). A menina é um fenômeno. Brilha mais que todos os defeitos da produção – e são muitos, da seleção musical mais ridícula da história do cinema brasileiro às piadas infames do primeiro ato. Infelizmente, ela só surge no segundo ato, após se tornar a versão feminina do protagonista, justificando o título. É pouco.

O circuito limitado compensa os cinéfilos com pérolas cinematográficas. Obrigatório, “Pássaros de Verão” consegue a façanha de juntar conteúdo de arte com cenas de ação, oferecendo uma espécie de prólogo de “Narcos”. O filme de Cristina Gallego e Ciro Guerra (“O Abraço da Serpente”) conta a história da origem do tráfico de drogas na Colômbia, em meio à população indígena e antes de Pablo Escobar, e arrecadou uma coleção gigante de prêmios internacionais, do Ariel (o Oscar mexicano) ao Fênix (O Oscar latino).

Além do grande destaque colombiano, há dois dramas europeus para se conferir. Ambos oferecem olhares para relacionamentos a dois. O italiano “Entre Tempos” é bastante ousado em termos estéticos, ao contar uma história de amor entre duas pessoas sem nome, a partir de uma colagem de memórias diferentes dos amantes. Também venceu vários prêmios, inclusive no Festival de Veneza. Já o francês “Amor Impossível” é menos preocupado com a paixão, apresentada de forma desamorosa, e mais com seu resultado: uma filha rejeitada pelo pai de família abastada, que cresce para rejeitar a mãe pobre. Foi indicado a quatro Césars (o Oscar francês).

A seleção tem outro filme brasileiro, “Uma Noite Não É Nada”, que perpassa um tema recorrente no cinema nacional, a fixação potencialmente pedófila de homens mais velhos sobre garotinhas em idade escolar. No filme de Alain Fresnot (“Família Vende Tudo”), a jovem paraense Luiza Braga é uma lolita drogada e sem-vergonha que chega a ser estuprada por seu professor (Paulo Betti, de “Chatô: O Rei do Brasil”), tratado como simpatia pela produção. Comparado a isso, “Socorro, Virei uma Garota!” chega a ser feminista.

Confira abaixo a lista completa das estreias da semana com suas sinopses e trailers.

Brinquedo Assassino | EUA | Terror

Andy (Gabriel Bateman) e sua mãe se mudam para uma nova cidade em busca de um recomeço. Preocupada com o desinteresse do filho em fazer novos amigos, Karen (Aubrey Plaza) decide dar a ele de presente de aniversário um boneco tecnológico que, além de ser o companheiro ideal para crianças e propor diversas atividades lúdicas, executa funções da casa sob comandos de voz. Os problemas começam a surgir quando o boneco Chuck se torna extremamente possessivo em relação a Andy e disposto a fazer qualquer coisa para afastar o garoto das pessoas que o amam.

Socorro, Virei uma Garota! | Brasil | Comédia

Júlio (Victor Lamoglia) é um garoto tímido, praticamente invisível aos olhos de seus colegas de colégio. Um dia, ao ver uma estrela cadente, ele faz um pedido: deseja ser a pessoa mais popular da escola. Logo ele se transforma em uma garota, Júlia (Thati Lopes), que é extremamente popular. Sem saber como lidar com o corpo feminino que acabou de ganhar, ele precisa ainda lidar com a proximidade de Melina, a garota por quem é perdidamente apaixonado.



Pássaros de Verão | Colômbia | Drama

Andy (Gabriel Bateman) e sua mãe se mudam para uma nova cidade em busca de um recomeço. Preocupada com o desinteresse do filho em fazer novos amigos, Karen (Aubrey Plaza) decide dar a ele de presente de aniversário um boneco tecnológico que, além de ser o companheiro ideal para crianças e propor diversas atividades lúdicas, executa funções da casa sob comandos de voz. Os problemas começam a surgir quando o boneco Chuck se torna extremamente possessivo em relação a Andy e disposto a fazer qualquer coisa para afastar o garoto das pessoas que o amam.

Entre Tempos | Itália, França | Drama

Lui (Luca Marinelli) e Lei (Linda Caridi) são duas pessoas completamente diferentes entre si, mas que formam um casal intenso e apaixonado. Juntos durante anos, seus sentimentos estão em conflito constante, mostrando uma montanha-russa emocional entre eles: enquanto Lui acredita em um futuro brilhante, Lei não consegue deixar de viver no passado. Ao longo dos anos, o par colecionou frustrações, alegrias, tristezas e angústias.

Um Amor Impossível | França | Drama

No final dos anos 1950 em Châteauroux, Rachel, uma funcionária de escritório, conhece Philippe, um jovem brilhante de uma família burguesa. Desta breve relação nasce uma menininha, Chantal. Philippe se recusa a casar com alguém fora de sua classe social e Rachel terá que criar a filha sozinha. Porém, uma batalha de mais de dez anos pelo reconhecimento paterno de Philippe desencadeia revelações inesperadas.

Uma Noite Não É Nada | Brasil | Drama

São Paulo, meados da década de 1980. Agostinho, um decadente professor de física de um supletivo noturno, acaba se apaixonando por uma de suas alunas, Márcia, uma mulher bem mais jovem que ele, emocionalmente perturbada e soropositiva. Eles começam um relacionamento e logo a coisa se torna séria, fazendo com que Agostinho comece a arriscar seu casamento com Januária.

Os Brinquedos Mágicos | China | Animação

São Paulo, meados da década de 1980. Agostinho, um decadente professor de física de um supletivo noturno, acaba se apaixonando por uma de suas alunas, Márcia, uma mulher bem mais jovem que ele, emocionalmente perturbada e soropositiva. Eles começam um relacionamento e logo a coisa se torna séria, fazendo com que Agostinho comece a arriscar seu casamento com Januária.

O Verde Está do Outro Lado | Brasil, Chile | Documentário

Desde 1980, a gestão da água foi privatizada em todo o Chile, levando pequenos agricultores à ruína e debilitando milhares de famílias. O congresso chileno concorda com a necessidade de mudar as leis, mas encontra dificuldade para combater a grande influência de grandes empresas da agricultura e mineração. Um retrato sobre a realidade e consequências do modelo econômico implantado há quase 40 anos.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings